Conteúdo publicado há 1 mês

PM e filha morrem após troca de tiros com criminosos em São Paulo; vídeo

Um policial militar e a filha dele de 19 anos foram mortos hoje durante uma troca de tiros com criminosos em frente a uma farmácia na zona norte de São Paulo.

O que aconteceu

Policial estava de folga e em trajes civis. O cabo Anderson de Oliveira Valetin estava no banco do motorista e a filha no banco de trás do carro no estacionamento de uma farmácia na Avenida Nossa Senhora do Loreto, na Vila Medeiros.

Ele viu três criminosos tentarem assaltar o estabelecimento, que estava com a porta trancada. Os bandidos usavam capuzes e máscaras cirúrgicas. Dois deles acenam para o policial, que aparenta apontar a arma de dentro do veículo.

O policial desce do carro com a arma em punho, mas é atingido por um homem vestindo uma roupa preta. Os criminosos fugiram. O cabo e a filha dele foram socorridos, mas não resistiram aos ferimentos.

Carro que pode ter sido usado por criminosos foi localizado. Em nota, a SSP (Secretaria da Segurança Pública) de São Paulo informou que "o trio conseguiu fugir e um veículo, supostamente utilizado por eles, foi localizado pela Polícia Militar, em Guarulhos".

O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) foi acionado para assessoramento, informou a SSP. O caso foi registrado no 73º Distrito Policial (Jaçanã)

A Secretaria da Segurança Pública lamentou a morte do PM. Em nota, disse que Valentin integrava o efetivo do 7º Batalhão de Polícia Militar Metropolitano, no centro da capital paulista.

Deixe seu comentário

Só para assinantes