Conteúdo publicado há 18 dias

Mãe de criança com autismo poderá cultivar cannabis, decide Justiça de SP

A Justiça de São Paulo permitiu que a mãe de uma criança com autismo possa cultivar cannabis para uso medicinal em sua casa, na cidade de Campinas.

O que aconteceu

Família poderá cultivar cannabis para uso medicinal. Decisão foi acompanhada por profissionais multidisciplinares, que acompanharam a criança e reconheceram a melhora de seu quadro com o tratamento.

Justiça aprovou salvo-conduto definitivo. A decisão, que é inédita no estado, permite que a mãe não precise renovar os pedidos para o cultivo e não possa ser processada criminalmente pelo cultivo da planta. Até agora, ela tinha de pedir renovação da licença todos os anos.

Criança teve "melhora significativa" com uso de cannabis. Segundo a Defensoria Pública de São Paulo, a criança iniciou o tratamento com canabidiol em 2017 e apresentou redução de crises e comportamento agressivo, e melhora nas habilidades psicomotoras.

Deixe seu comentário

Só para assinantes