Conteúdo publicado há 28 dias

Falso professor é preso enquanto dava aula em universidade na Bahia

Um homem foi preso, na segunda-feira (22), suspeito de fraudar diplomas e se apresentar como professor universitário em Teixeira de Freitas, a cerca de 800 km de Salvador.

O que aconteceu

Ele foi levado pelos policiais enquanto dava aula em um campus da UFSB (Universidade Federal do Sul da Bahia).

O suspeito alegava ter diplomas de mestrado e doutorado em ciências da computação, segundo a Polícia Civil. Ele afirmava que cursou em uma universidade em São Paulo, que não foi especificada pela polícia.

A Polícia Civil constatou a fraude após entrar em contato com instituições de ensino da região e consultar um sistema de dados curriculares. "As diligências começaram após uma denúncia anônima. Com a confirmação da fraude, conseguimos prender o suspeito enquanto dava aula", disse o delegado Marcos Renato de Lima.

O homem responderá por falsidade ideológica. Ele foi ouvido na delegacia, passou por exames de corpo de delito e está à disposição da Justiça.

Por meio de nota, a UFSB disse que registrou um boletim de ocorrência. "Motivo pelo qual aguarda os procedimentos investigatórios a serem conduzidos pelas instituições competentes", diz a universidade.

A universidade mandou nova nota nesta quarta-feira (24) em que afirma que o falso professor nunca integrou o corpo docente. A instituição diz que o homem frequentava as dependências da universidade, "como é facultado a qualquer cidadão".

A UFSB diz que o suspeito permanecia nos corredores e bancos do campus, além de utilizar a biblioteca algumas vezes. A UFSB teria participado da investigação ao lado da Polícia Civil, até prender o suspeito quando ele chegou na unidade de ensino.

O UOL não conseguiu localizar a defesa do suspeito, já que o nome dele não foi divulgado. O espaço segue aberto para manifestação.

Deixe seu comentário

Só para assinantes