Conteúdo publicado há 1 mês

PF prende grupo suspeito de trocar malas em aeroporto para traficar drogas

A Polícia Federal prendeu quatro novos suspeitos de trocarem etiquetas de bagagens no Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo.

O que aconteceu

Grupo é suspeito de inserir drogas nas malas com destino ao exterior. Prisões foram feitas nesta quarta-feira (24), no âmbito da operação Destino Trocado.

PF cumpriu quatro mandados de prisão temporária e sete de busca e apreensão, nas cidades de Guarulhos e São Paulo. Investigações tiveram início a partir da apreensão de uma mala contendo mais de 21 kg de cocaína, no mês de fevereiro, no Aeroporto de Brasília, que teria com destino a cidade de Joanesburgo, na África do Sul.

Três presos são funcionários do aeroporto. Eles atuam na etiquetagem e movimentação de bagagens, a partir do check-in. A outra detida é uma mulher que foi vista entregando a mala com a droga aos envolvidos.

Já os sete mandados de busca e apreensão envolvem outros funcionários suspeitos e um motorista de aplicativo. O nome dos envolvidos não foi divulgado pela Polícia Federal, por isso, o UOL não conseguiu contato com a defesa deles. O espaço segue aberto para manifestação.

A GRU Airport, concessionária responsável pelo aeroporto, informou que os colaboradores detidos não fazem parte do quadro da concessionária. Em nota, a empresa ressaltou ainda que colabora com as informações aos órgãos policiais.

Deixe seu comentário

Só para assinantes