PUBLICIDADE
Topo

RS: Debate drive-in tem carro de candidato rebocado e música do He-Man

Rodrigo Maroni participou de debate realizado pela Rádio Gaúcha - Reprodução/Rádio Gaúcha
Rodrigo Maroni participou de debate realizado pela Rádio Gaúcha Imagem: Reprodução/Rádio Gaúcha

Gilvan Marques

Do UOL, em São Paulo

13/11/2020 18h01

O debate realizado em formato drive-in, onde todos os candidatos à Prefeitura de Porto Alegre participaram de dentro de seus respectivos carros, teve de quase tudo um pouco: desde veículo de político que precisou ser rebocado até musiquinha do He-Man.

O encontro foi organizado pela Rádio Gaúcha, teve quatro blocos e cerca de duas horas de duração. Esse formato foi escolhido para manter a distância social e protocolos de segurança devido à pandemia da covid-19. No Rio Grande do Sul já são 274.411 casos confirmados e 6.168 mortes em decorrência da doença.

Candidato à Prefeitura pelo partido PROS, Rodrigo Maroni mais uma vez chamou a atenção do público —não só em sua cidade, mas no Brasil todo. Durante as considerações finais do debate, Maroni disse que "queria dedicar [uma música] ao filho da Juliana Brizola (PDT), à filha do João Derly (Rede), ao filho do Marchezan e à filha de Manuela [D'Ávila, sua ex-noiva] também". Em seguida, ele cantou a canção tema do He-Man. O vídeo rapidamente viralizou pelas redes sociais. (Assista ao vídeo abaixo)

Ao UOL, por telefone, Maroni disse que a ideia de cantar a música ocorreu mais cedo, enquanto ele, a mulher e a filha de uma protetora, que cuidavam de um cachorro na rua, e começaram a cantar. Então, o político —que também é deputado estadual— prometeu que cantaria no debate. E cantou.

"Esperava, sim [essa repercussão], porque acho que vivemos em um País onde as pessoas ficam encabuladas com político de personalidade", disse ele à reportagem. "Então essa ausência [de personalidade] chama a atenção", avaliou.

Mas não foi só isso. Após o término do debate, o Fiat Toro do candidato teve pane elétrica e precisou da ajuda de uma kombi da própria campanha e de um caminhão para rebocar.

"O Fiat Toro deu pane elétrica, fiquei sem ar condicionado, não consegui carregar o meu celebrar. Fizemos uma tentativa de 'chupeta' [tentar recarregar a bateria] com a Kombi [mas não deu certo]. O Fiat acabou sendo rebocado por um caminhão. Cheguei em casa 1 hora da manhã", contou ele, rindo. Maroni precisou pagar R$ 820 para consertar o seu carro.

Ao todo, nove candidatos à Prefeitura de Porto Alegre participaram do debate drive-in, realizado direto do estacionamento do Grupo RBS.

Manuela D'Ávila lidera

A candidata Manuela D'Ávila (PCdoB) lidera a disputa eleitoral pela Prefeitura de Porto Alegre com 27% das intenções de voto, segundo pesquisa Ibope divulgada no dia 29 de outubro.

Os candidatos Nelson Marchezan (PSDB) registrou 14%, Sebastião Melo (MDB), 14%, e José Fortunati (PTB), com 13%. Juliana Brizola (PDT) obteve 4%, João Derly (Republicanos) e Fernanda Melchionna (Psol) têm 3% das intenções de voto cada um. Os candidatos Gustavo Paim (PP) e Valter Nagelstein (PSD) têm 2%, Julio Flores (PSTU) e Rodrigo Maroni (Pros) marcaram 1%.

Luiz Delvair Martins Barros (PCO) e Montserrat Martins (PV) não pontuaram na pesquisa. Brancos e nulos somam 8%. Outros 8% preferiram não responder ou disseram não saber em quem votariam. A margem de erro do levantamento é de três pontos percentuais, para mais ou para menos.