Maduro assina primeiro decreto como presidente interino da Venezuela

Do UOL, em São Paulo

A Gazeta Oficial da União da Venezuela publicada nesta quarta-feira (6) traz o primeiro decreto assinado pelo presidente interino Nicolás Maduro, que assumiu hoje, até que sejam realizadas novas eleições no país, informou o jornal venezuelano El Mundo.

No decreto, Maduro declara 7 dias de luto nacional, entre os dias 5 e 11 de março.

"Estão declarados sete dias de luto nacional, entre os dias 5 e 11 de março de 2013, pelo lamentável e penoso falecimento e irreparável perda do herói da pátria Hugo Rafael Chávez Frias", diz o decreto assinado por Maduro.

"A bandeira nacional permanecerá a meio-mastro em todos os edifícios públicos e privados, e são proibidas as festas e celebrações em todo o território nacional", assinou Maduro.

O texto também informava que o decreto, que foi escrito na terça-feira (5), dia da morte de Hugo Chávez, entraria em vigor no dia da publicação da Gazeta.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos