Após tentativa de golpe, passageiros de voo turco chegam a São Paulo

Marli Moreira

Da Agência Brasil

  • Huseyin Aldemir-15.jul.2016/ Reuters

    Uma multidão se reuniu em frente ao Aeroporto Internacional de Ataturk, em Istambul, após tentativa de golpe militar na Turquia. O aeroporto foi fechado

    Uma multidão se reuniu em frente ao Aeroporto Internacional de Ataturk, em Istambul, após tentativa de golpe militar na Turquia. O aeroporto foi fechado

Com a interrupção do tráfego aéreo na Turquia, na sexta-feira (15), devido à tentativa de golpe militar no país, os passageiros da companhia aérea Turkish Airlines que tinham programado viagem para o Brasil, com chegada prevista para o final da tarde de ontem (16), só conseguiram desembarcar na madrugada deste domingo (17) em São Paulo.

O primeiro voo vindo do Aeroporto Internacional de Atartük, em Istambul, pousou às 3h10 no Aeroporto Internacional de Cumbica, em Guarulhos, a leste da Grande São Paulo, com 137 pessoas a bordo, mas nem todos desembarcaram naquele terminal. O avião seguiu para Buenos Aires, retornou a São Paulo e já voltou para a Turquia, decolando por volta das 14h deste domingo.

A assessoria de imprensa da companhia aérea informou que, em sua maioria, os passageiros que vieram de Istambul eram brasileiros, argentinos e turcos. O número de desembarques em São Paulo não foi revelado. A companhia aérea garantiu que todos os voos já foram regularizados e que o atraso ocorreu apenas pelo fechamento do aeroporto turco, dada situação de insegurança naquele país.

Durante os conflitos provocados pela tentativa de golpe de Estado na Turquia, pelo menos 265 pessoas morreram, segundo agências internacionais. Após o fracasso da rebelião, 2.745 juízes foram afastados de seus cargos pelo governo O suposto líder do golpe, general Akin Ozturk, ex-comandante da Força Aérea turca, foi preso ontem (16) bem como o comandante do Exército turco, Adem Huduti. Eles são acusados pelo governo de fazer parte de um plano arquitetado pelo ex-comandante da Força Aérea, Fethullah Gülen, que ocupou o posto no período de 2013 a 2015.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos