Melania se recusa a andar de mãos dadas com Trump em visita a Israel

Colaboração para o UOL

  • Reprodução/Twitter

Uma situação um tanto quanto constrangedora marcou a chegada do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, a Tel Aviv, em Israel. A primeira-dama, Melania, se recusou a segurar a mão do marido quando os dois desembarcaram do avião presidencial, nesta segunda-feira (22).

A situação rapidamente ganhou repercussão na mídia internacional. O "New York Daily News" disse que "acabou a lua de mel do casal em viagens internacionais". Já o jornal britânico "Daily Mail" brincou ao apontar que Trump "deve ter causado algum distúrbio em casa enquanto busca paz no Oriente Médio".

O vídeo ganhou a internet e os internautas não perdoaram. Diversas pessoas vibraram com a cena e se divertiram no Twitter.

"Este vídeo me faz tão feliz em um dia nublado", brincou uma internauta. "Dá para imaginar como anda o casamento", comentou outro. E teve até quem foi mais longe: "Ninguém aguenta o Trump, nem a mulher".

A visita de Trump a Israel é para contribuir para a retomada de conversas de paz entre israelenses e palestinos. As divergências entre EUA e Israel, no entanto, são grandes. Um exemplo é o acordo de armas assinado entre Trump e Arábia Saudita, no valor de R$ 356,7 bilhões, que ameaça a superioridade israelense no âmbito militar.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos