Homem que atropelou muçulmanos é acusado de terrorismo; agressor tem 4 filhos

Do UOL, em São Paulo

O homem que atropelou e matou uma pessoa, ferindo outras dez, próximo a uma mesquita de Londres, se chama Darren Osborne, é casado e tem quatro filhos, de acordo com os jornais britânicos "The Guardian" e "Daily Mail" e a emissora BBC. Ele está preso em uma delegacia da capital britânica sob a acusação de cometer crimes relacionados com a execução, preparação e instigação de atos terroristas.

Reprodução/Twitter

A polícia britânica não confirmou a identidade do suspeito, mas diz que ele tem 47 anos, corrigindo a informação divulgada anteriormente, de que ele teria 48 anos. fez buscas em um apartamento de Cardiff nesta segunda-feira (19).

Ainda não está clara a motivação do suspeito para cometer o atentado, que aparentemente visou muçulmanos. Ele teria gritado "vou matar todos os muçulmanos", segundo relatos de testemunhas.

Segundo o "Guardian", Osborne mora em Cardiff, no País de Gales. Ele teria crescido em Weston-super-mare, em Somerset, no sul da Inglaterra.

Ouvidos pelo "Guardian", dois vizinhos de Osborne confirmaram a identidade do suspeito. "Alguém me disse que era ele e eu falei: 'não pode ser'. Então eu olhei a foto no noticiário e vi que era ele", disse Dave Ashford, 52.

"É chocante. Vi ele andando pelas ruas, mas nunca falei com ele. Ele parecia normal. Mora aqui há alguns anos e tem se mantido discreto", afirmou Pauline Tibbs, 48 anos.

Em um comunicado com a família, o sobrinho de Osborne, Ellis, de 26 anos, disse: "Nós estamos bastante chocados; é inacreditável. Isso ainda não desceu. Nós estamos devastados pelas famílias. Nossos corações estão com as pessoas que ficaram feridas.

Segundo Ellis, seu tio "não era racista" e nunca expressão visões racistas. "É loucura. Isso é obviamente pura loucura", acrescentou.

Os vizinhos de porta de Osborne dizem que ele se envolveu em uma situação estranha com seu filho no final de semana. Khadijh Sherazi disse que ela nunca teve problemas com ele ou a família dele. Mas seu filho de 12 anos, Nadeem, disse:

"Eu estava na minha bicicleta e ele apenas veio a mim e disse 'mestiço'. Era uma voz normal. Ele apenas disse isso".

Sua irmã, Nadia, 10, confirma a história, mas acrescenta: "perguntei para minha vó se ela tinha ouvido isso. Ela disse que provavelmente ele se referia aos cães dele".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos