Topo

Porquinha pintora fica famosa nos EUA e vende quadros por US$ 1.600

A porquinha Pigcasso já tem quadros vendidos no mundo inteiro - Divulgação
A porquinha Pigcasso já tem quadros vendidos no mundo inteiro Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

02/03/2019 04h00

A vida de uma porquinha que tinha tudo para virar comida virou completamente de cabeça para baixo quando foi salva por um santuário animal e virou artista plástica, vendendo quadros por US$ 1.600 (cerca de R$ 6.050). 

Pigcasso (brincadeira com Picasso e pig, porco em inglês) passa seus dias pintando quadros expressionistas para compradores ao redor do globo. 

"Pigcasso iria virar um sanduíche de bacon quando tinha seis meses", afirmou Joanne Lefson, do Farm Sanctuary SA, ao site Inside Edition. "Em vez disso, aos dois anos e meio, ela inspira as pessoas a olharem para os porcos de uma maneira diferente."

Lefson fundou uma ONG de resgate de animais na região da Cidade do Cabo, na África do Sul. Pigcasso, que vivia em uma fazenda, foi resgatada quando a instituição tinha acabado de abrir.

Como Lefson sabia que os porcos eram animais inteligentes, ela trouxe alguns objetos para Pigcasso brincar. Rapidamente, a porquinha se encantou com os pincéis. Em pouco tempo, ela estava pintando quadros. 

O sucesso de Pigcasso como artista plástica começou quando compradores de Nova York ofereceram US$ 800 (cerca de R$ 3.024) por um quadro dela. Aos poucos, a fama foi crescendo e a porquinha passou a ser requisitada para fazer propagandas para grandes marcas ao redor do mundo. 

Agora, Pigcasso cobra cerca de US$ 1.600 por quadro. Todo o dinheiro vai para o santuário animal onde vive e que continua a fazer operações de resgate pela África do Sul. 

Lefson disse esperar que a fama de Pigcasso encoraje seus fãs a mostrar mais compaixão pelos animais.

"As pessoas estão tão distantes do que comem, e o consumidor médio nunca comeria carne se soubesse como esses animais foram criados", disse.

Internacional