Topo

Cristina Kirchner: "Parece que não é mais o povo que elege os presidentes"

AFP
Imagem: AFP

Do UOL, em São Paulo

13/11/2019 14h15

Resumo da notícia

  • Cristina Kirchner criticou uma "nova moda que se instalou na América Latina"
  • "Parece que não é mais o povo que elege os presidentes", escreveu no Twitter
  • Declaração pode ser lida como alfinetada em Jeanine Áñez, presidente autoproclamada da Bolívia

Cristina Kirchner, ex-presidente e atual vice-presidente eleita da Argentina, usou o Twitter para denunciar uma "nova moda que se instalou na América Latina".

"Parece que não é mais o povo que elege os presidentes... Agora, eles se autoproclamam com grande patrocínio midiático e reconhecimento imediato de já sabemos quem. O curioso, aliás, é que dizem fazê-lo em nome da democracia", escreveu ela.

Embora a líder argentina não tenha citado especificamente Jeanine Áñez, a presidente autoproclamada da Bolívia, sua postagem pode ser lida como uma alfinetada à situação do país.

A senadora Áñez se declarou presidente da Bolívia dois dias após a renúncia de Evo Morales, que deixou o cargo em meio a protestos após vitória supostamente fraudulenta em eleições gerais no país.

Morales caracterizou sua saída da presidência como um "golpe esperto e ameaçador", e partiu em asilo político para o México. O Brasil está entre os países que já reconheceu Áñez como presidente da Bolívia.

Internacional