PUBLICIDADE
Topo

Miami alerta para perigo de iguanas caírem de árvores: "Não se surpreenda"

Inti Ocon/AFP
Imagem: Inti Ocon/AFP

Do UOL, em São Paulo

22/01/2020 15h12

Estamos acostumados com a previsão de chuvas, das chegadas de massas de ar frio e, em alguns lugares, acompanha-se de perto a chegada de tornados e furacões. Curiosamente, Miami teve de emitir um alerta diferente nesta semana. As autoridades pedem para que as pessoas tomem cuidado com iguanas: elas podem cair de árvores nesta época do ano - imagina se uma cai na cabeça de alguém?

O perigo, explica a entidade norte-americana National Weather Service (serviço nacional do tempo), é a chegada do frio ao sul da Flórida, que está acima da média. Iguanas são répteis, têm sangue frio e, com as temperaturas mais baixas, os bichinhos podem ficar atordoados e se desgarrarem de onde estão. Há registros, em anos anteriores, de bichinhos que ficam, basicamente, congelados, estáticos.

A má notícia é que eles podem cair na cabeça de alguém. A boa, é que isso não significa que as iguanas vão morrer de frio.

iguana - Frank Cerabino/Palm Beach Post/AP - Frank Cerabino/Palm Beach Post/AP
Iguana "congelada" em foto de 2018
Imagem: Frank Cerabino/Palm Beach Post/AP

"Não é algo que a gente costume mostrar na previsão, mas não se surpreenda se vocês verem iguanas caindo de árvores, quando nossas temperaturas caírem para algo entre 4º C e -1º C", tuitou a NWS de Miami.

Apesar do "perigo", iguanas são animais que não fazem mal aos humanos - ainda que possam cavar longos túneis e danificar calçadas e muros. O clima na Flórida é bom para os répteis, a ponto de sua incidência ter aumentado nas últimas décadas. Uma fêmea pode botar 80 ovos por ano.

Internacional