PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Merkel está em isolamento por causa do coronavírus

A chanceler alemã Angela Merkel em coletiva de imprensa sobre o novo coronavírus - Tobias Schawrz/AFP
A chanceler alemã Angela Merkel em coletiva de imprensa sobre o novo coronavírus Imagem: Tobias Schawrz/AFP

Gabriel Sabóia

Do UOL, no Rio

22/03/2020 15h22

A chanceler alemã Angela Merkel entrou em isolamento voluntário, na tarde de hoje, por causa do coronavírus. O porta-voz do governo da Alemanha, Steffen Seibert, confirmou a informação.

Na última sexta-feira (20), a chanceler teve contato com um médico que testou positivo para covid-19. Por isso, ela será submetida aos testes da doença ao longo da próxima semana.

Apesar da decisão de se isolar, Merkel não apresenta sintomas de contaminação pelo coronavírus e se sente bem. Ela não deixará de trabalhar em funções que não exijam locomoção, afirma o comunicado.

Na última sexta-feira, Merkel anunciou o bloqueio da saída de pessoas do maior estado do país, a Baviera. A medida faz parte dos esforços para frear o número de casos de coronavírus. Na semana anterior, ela havia anunciado o fechamento das fronteiras da Alemanha.

Em um dos seus últimos pronunciamentos antes do isolamento, a chanceler pediu a colaboração do povo alemão e disse que este é o maior desafio do país desde a Segunda Guerra Mundial.

"A situação é séria. Levem isso a sério. Desde a reunificação da Alemanha, não, desde a Segunda Guerra Mundial nosso país não enfrenta um desafio que depende tanto de nossa solidariedade coletiva", afirmou.

Apesar de alertar para a gravidade da situação, Merkel acredita que o país é capaz de superar as dificuldades causadas pela covid-19.

"Eu realmente acredito que podemos superar isso se todas as pessoas entenderem perfeitamente a sua tarefa", concluiu.

Coronavírus