PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Esse conteúdo é antigo

Imigração dos EUA libera 700 pessoas por medo de propagação do coronavírus

Do UOL, em São Paulo

14/04/2020 18h36

O Departamento de Imigração dos Estados Unidos libertou cerca de 700 pessoas que estavam sob custódia para evitar a propagação do coronavírus, informou Ken Cuccinelli, vice-secretário de Segurança Interna.

De acordo com a CNN, a medida foi tomada durante uma série de processos que pedem a soltura de imigrantes detidos, com base em uma nova lei que exige a libertação em caso de emergência nacional relacionada a uma doença transmissível.

O Departamento revisou seus casos para identificar os detidos que eram elegíveis para a soltura, como com mais de 60 anos, mulheres grávidas ou com outras "fragilidades médicas", disse Cuccinelli.

Quando as avaliações para a libertação começaram, o órgão tinha cerca de 37.000 pessoas detidas, segundo Cuccinelli.

Os Estados Unidos têm hoje 25.239 óbitos em decorrência do coronavírus e 579.005 pessoas diagnosticadas com covid-19.

Coronavírus