PUBLICIDADE
Topo

São Francisco, nos EUA, remove estátua de Cristóvão Colombo após protestos

A estátua foi danificada diversas vezes por manifestantes nos últimos meses; em outubro, foi coberta de tinta vermelha - Getty Images
A estátua foi danificada diversas vezes por manifestantes nos últimos meses; em outubro, foi coberta de tinta vermelha Imagem: Getty Images

Do UOL, em São Paulo

18/06/2020 14h57

A Comissão de Artes da cidade de São Francisco, nos Estados Unidos, removeu hoje a estátua de Cristóvão Colombo que ficava na região de Telegraph Hill.

De acordo com a emissora ABC, a estátua foi danificada diversas vezes por manifestantes nos últimos meses. Em outubro, a peça foi coberta por tinta vermelha e foi grafitada com a frase: "Destrua todos os monumentos do genocídio e mate todos os colonizadores".

Líderes legislativos decidiram pela remoção de Colombo após considerarem que a estátua estava "fora do lugar", "dado o impacto mortal que sua chegada a este hemisfério teve sobre as populações indígenas".

Nas redes sociais, vídeos e fotos mostram a estátua sendo extraída e, depois, o local vazio.

A decisão, anunciada na última terça-feira (16), há muito tempo é esperada por grupos contrários à homenagem de um personagem que deu início a uma era de genocídio de povos indígenas da América do Norte, mas ganhou força após os protestos que tomaram o país nas últimas semanas, após a morte de George Floyd, em Mineápolis.

Internacional