PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
10 meses

Livro de sobrinha de Trump bate recorde e vende 950 mil cópias após 1º dia

Capa do livro "Too Much and Never Enough: How My Family Created the World"s Most Dangerous Man", de Mary Trump - Reprodução
Capa do livro "Too Much and Never Enough: How My Family Created the World's Most Dangerous Man", de Mary Trump Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

16/07/2020 17h08

Mary Trump, sobrinha do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, bateu recorde na editora Simon & Schuster com seu livro "Too Much and Never Enough: How My Family Created the World's Most Dangerous Man" ('Muito, mas nunca suficiente: como minha família criou o homem mais perigoso do mundo', em tradução livre).

De acordo com a editora, 950 mil cópias foram vendidas até a última terça-feira (14), quando a publicação foi lançada. Os números incluem quantidades de livros comprados em pré-lançamento em todos os formatos, incluindo e-book.

A família Trump chegou a pedir na Justiça para cancelar a divulgação da obra, mas o juiz negou e autorizou a publicação.

Mary aponta no livro que Trump é um "sociopata". A obra, que ainda acusa Fred Trump, pai do político, de criar uma dinâmica familiar tóxica que explica como o presidente age atualmente, foi obtido recentemente pela CNN norte-americana, que compartilhou alguns trechos.

"Donald, seguindo a liderança de meu avô e com a cumplicidade, o silêncio e a inércia de seus irmãos, destruiu meu pai. Não posso deixá-lo destruir meu país", escreveu Mary.

A sobrinha de Trump escreve que parte do livro é baseada em sua própria memória e, em outros trechos, ela reconstruiu diálogos com base no que foi dito por membros da família, além de documentos legais, extratos bancários, declarações fiscais e outros certificados.

Internacional