PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Homem é condenado a prisão perpétua por agredir cadeirante até a morte

Daniel Sharples foi condenado a prisão perpétua agredir e matar um cadeirante - Divulgação
Daniel Sharples foi condenado a prisão perpétua agredir e matar um cadeirante Imagem: Divulgação

Colaboração para o UOL, em São Paulo

27/10/2020 21h07

Um homem, praticante de artes marciais, que assassinou um amputado em sua cadeira de rodas foi preso hoje (27) no Reino Unido. A vítima foi Michael Mairs, de 53 anos.

O crime aconteceu na cidade de Warrington, na Inglaterra. Daniel Sharples foi condenado a prisão perpétua no início de outubro pelo assassinato. O homem de 38 anos só poderá solicitar liberdade condicional após 21 anos.

Sharples agrediu Michael Mairs com socos e chutes no rosto, mesmo após a vítima cair de sua cadeira de rodas, próximo a uma ponte, em 6 de outubro de 2019. Ele também agrediu dois amigos de Mairs que acompanhavam.

O cadeirante foi levado para o Hospital Warrington, mas morreu pouco mais de 20 dias depois. O juiz Thomas Teague, responsável pelo caso, disse que Sharples esteve "longe de demonstrar remorso e se gabou pelo que fez".

Internacional