PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Legisladores arremessam tripas de porco em briga por importações em Taiwan

Legisladores trocam socos e jogam tiras de porco uns nos outros no Parlamento de Taiwan - Reprodução/Youtube/ editorji
Legisladores trocam socos e jogam tiras de porco uns nos outros no Parlamento de Taiwan Imagem: Reprodução/Youtube/ editorji

Colaboração para o UOL, em São Paulo

27/11/2020 13h17

Legisladores do principal partido de oposição de Taiwan, o KMT (Kuomintang), arremessaram tripas de porco e trocaram socos durante uma discussão sobre importações de carne suína no parlamento de Taiwan, que ocorreu hoje (27).

A oposição do governo criticou como uma "ameaça à saúde" uma recente decisão governamental que autoriza importar a carne dos Estados Unidos contendo o aditivo ractopamina.

A substância é administrada durante a criação de porcos para abate, proporcionando uma carne mais magra. Porém, é proibida em Taiwan, assim como na União Europeia e na China — países que questionam se o aditivo seria seguro aos humanos.

Ainda assim, o partido governante, o DPP (Partido Democrático Progressista), nega que a ractopamina seja perigosa.

Em contrapartida, o KMT realizou um protesto durante a última sessão parlamentar, impedindo o premiê Su Tseng-chang de entregar relatórios regulares sobre a questão.

Por consequência, o DPP quis garantir que Su pudesse falar na sessão de hoje e montou uma barreira protetora em torno dele. Mesmo assim, os legisladores do KMT jogaram baldes de tripas de porco, iniciando uma briga.

Su logo se retirou do local, mas depois retornou para responder perguntas, tendo suas palavras abafadas novamente pelos legisladores da oposição. Ao comentar o caso à Reuters, o KMT voltou a falar dos perigos do aditivo para a saúde.

Enquanto isso, o DPP condenou os protestos, afirmando em comunicado que atirar tripas de porco era um desperdício de comida e que "fedia" o chão do parlamento, além de sinal de que é preciso "retornar ao debate racional".

Internacional