PUBLICIDADE
Topo

Internacional

76 freiras são diagnosticadas com covid-19 em mosteiro alemão

Um total de 76 freiras católicas contraíram a covid-19 em um convento franciscano na Alemanha - Pexels/Ane_Hinds
Um total de 76 freiras católicas contraíram a covid-19 em um convento franciscano na Alemanha Imagem: Pexels/Ane_Hinds

Colaboração para o UOL, em São Paulo

02/12/2020 11h49

76 freiras católicas de um mesmo mosteiro foram diagnosticadas com a covid-19, em um surto da doença, na Alemanha. Os casos aconteceram dentro de um convento da Ordem Franciscana em Thuine.

Segundo a AP (Associated Press), outras 85 freiras da mesma ordem religiosa também passaram por exames, mas os resultados foram negativos.

A organização religiosa ainda aguarda resultados de testes de 160 funcionários não clericais do mosteiro. Entre eles, enfermeiras que trabalham no asilo e outras funcionárias que serviam na cozinha e na lavanderia do convento.

Ainda assim, a madre superiora que administra o local, a irmã Maria Cordis Reiker, procura ter otimismo. "Estamos gratos porque até agora ninguém está no hospital", contou à AP.

Assim que foi confirmada a presença do surto de covid-19 dentro do mosteiro na semana passada, uma quarentena foi imposta para evitar a disseminação da covid-19 e proteger principalmente as freiras — que são em sua maioria mulheres idosas e fazem parte do grupo de risco do novo coronavírus.

As beatas administravam um internato para meninos e várias escolas, por isso autoridades de saúde estão em contato com as instituições. Não há previsão para quando as atividades voltarão ao normal.

Na Alemanha, mais de 1 milhão de pessoas contraíram a covid-19 e o país registra mais de 17 mil óbitos por conta da doença, de acordo com o levantamento global realizado pela Universidade Johns Hopkins.

Internacional