PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Conteúdo publicado há
1 mês

Biden diz que EUA têm vacina para imunizar todos os adultos até maio

16.fev.2021 - O presidente dos Estados Unidos Joe Biden segura uma máscara durante um encontro com cidadãos organizado pelo canal CNN em Wisconsin - Saul Loeb/AFP
16.fev.2021 - O presidente dos Estados Unidos Joe Biden segura uma máscara durante um encontro com cidadãos organizado pelo canal CNN em Wisconsin Imagem: Saul Loeb/AFP

Do UOL, em São Paulo

02/03/2021 19h17

O presidente Joe Biden afirmou hoje que os EUA têm doses suficientes para vacinar cada americano adulto contra a covid-19 até o final de maio. As declarações foram dadas durante pronunciamento de Biden, que oficializou a parceria entre a farmacêutica Merck e a Johson & Johnson para a fabricação de imunizantes.

"Agora estamos no caminho certo para ter um suprimento de vacina suficiente para cada adulto na América até o final de maio", declarou Biden em entrevista coletiva. "Isso é progresso".

Até então, a previsão do governo americano era ter vacinas suficientes para vacinar todos os americanos até julho. A data antecipada, entretanto, não significa que todos os cidadãos receberão a vacina até maio —a CNN americana ressaltou que problemas de logística e a falta de profissionais de saúde podem prejudicar o cronograma presidencial.

Durante a entrevista, Biden também disse que a orientação para estados é a priorização de professores em seus planos de vacinação. É uma tentativa de reabrir as escolas o mais rápido possível.

"Vamos tratar a aprendizagem pessoal como um serviço essencial que é", disse ele, acrescentando que sua meta era que cada professor ou funcionário da escola recebesse pelo menos a primeira dose da vacina até o final de março.

"Há luz no fim do túnel, mas não podemos baixar a guarda para garantir que a vitória seja inevitável. Devemos permanecer vigilantes, agir rápido e agressivamente e cuidar uns dos outros. É assim que vamos nos antecipar a esse vírus, colocar nossa economia em funcionamento novamente e voltar para nossos entes queridos ", afirmou Biden, segundo a CNN.

Coronavírus