PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
6 meses

Raposa é resgatada em estacionamento com garrafa plástica presa na cabeça

Raposa com garrafa de plástico na cabeça é resgatada por oficial Nick Jonas, da RSPCA (Sociedade Real de Prevenção à Crueldade Animal) - Reprodução/Facebook/TheIndependent
Raposa com garrafa de plástico na cabeça é resgatada por oficial Nick Jonas, da RSPCA (Sociedade Real de Prevenção à Crueldade Animal) Imagem: Reprodução/Facebook/TheIndependent

Colaboração para o UOL, em São Paulo

01/04/2021 16h27

Um resgatador de animais, chamado Nick Jonas, recebeu um chamado em Londres, na Inglaterra, para socorrer uma raposa que estava com a cabeça presa dentro de uma garrafa de plástico. Quem alertou para o animal em perigo foi um trabalhador, que avistou o mamífero em apuros em um estacionamento, na área de Newham.

Nick, que trabalha para o RSPCA (Sociedade Real de Prevenção à Crueldade Animal), contou em comunicado da associação que a raposa estava de fato em uma situação complicada.

"Esta pobre raposa estava em uma situação bastante perigosa. Ela conseguiu enfiar a cabeça dentro de uma garrafa de plástico rígida e não conseguia tirá-la", disse o resgatador.

"Quando cheguei, fiquei muito preocupado com a possibilidade de a raposa estar sem oxigênio, pois ela havia desmaiado em um arbusto e respirava com dificuldade", completou.

O profissional considerou que precisava trabalhar rápido para salvar o animal. Um vídeo mostra o momento em que Nick tenta o segura, enquanto ele se movimenta de forma assustada.

Por fim, a raposa é finalmente colocada pelo resgatador dentro de uma gaiola de transporte. "Ela não parecia ter sofrido nenhum ferimento, então eu fui capaz de deixá-la ir [para a natureza]", contou Nick. "Ela imediatamente correu para se juntar a seu bando", disse.

Apesar do caso ser inusitado, o resgatador salienta que o incidente é apenas um exemplo de como o lixo pode ser um risco para a vida selvagem no ambiente urbano. Só nos últimos dois anos, a RSPCA disse ter recebido 8.902 ligações sobre animais presos ou feridos por algum tipo de resíduo — isso equivale a uma média de 11 bichos em perigo por dia.

"Nós realmente encorajamos as pessoas a descartar o lixo de maneira adequada ou levar o lixo para casa", recomendou o oficial da empresa.

Internacional