PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
15 dias

Atleta encontra cinco tubarões em passeio de caiaque no Reino Unido

Tubarão-frade foi encontrado por atleta no Reino Unido - Rupert Kirkwood/The Lone Kayaker
Tubarão-frade foi encontrado por atleta no Reino Unido Imagem: Rupert Kirkwood/The Lone Kayaker

Colaboração para o UOL, em São Paulo

20/04/2021 10h58

Rupert Kirkwood, de 61 anos, testemunhou a presença de cinco tubarões gigantes enquanto passeava de caiaque na costa do Reino Unido. O atleta, que ficou conhecido como "caiaque solitário", diz já ter encontrado uma variedade de animais no oceano, como golfinhos, botos e baleias, mas nunca havia presenciado esta "experiência absolutamente emocionante", como descreveu.

O fato aconteceu na costa de Lands End, na Cornualha, sudoeste de uma península da Inglaterra. Kirkwood curtia a atividade quando percebeu que estava cercado por um enorme tubarão-frade.

As criaturas gigantescas atingem regularmente cerca de nove metros de comprimento e são o segundo maior tubarão do oceano, ficando atrás apenas do tubarão-baleia.

Ao Daily Star, Kirkwood afirmou que o tubarão veio direto para ele, mergulhou sob seu caiaque e deixou uma marca permanente.

"Eu vi uma enorme barbatana preta triangular movendo-se lentamente pela superfície cerca de 800 metros à frente. Aproximei-me cautelosamente e parei, porque não queria assustar o tubarão", contou.

tubarão - Rupert Kirkwood/The Lone Kayaker - Rupert Kirkwood/The Lone Kayaker
Atleta avistou tubarões próximo de seu caiaque
Imagem: Rupert Kirkwood/The Lone Kayaker

"Mas claramente não ele estava preocupado em me assustar, porque veio direto em minha direção e mergulhou sob meu caiaque, arranhando o casco com sua nadadeira dorsal."

Kirkwood ainda conta que o animal era "incrivelmente grande" e "muito mais largo" que o seu caiaque. Ele circulou várias vezes ao redor do atleta, e então se afastou.

Este, entretanto, não foi o único tubarão-frade que o britânico encontrou em em sua prática esportiva.

"Encontrei mais quatro tubarões-frade durante minha viagem de caiaque de 19 quilômetros durante a manhã. É fantástico que esses peixes enormes tenham retornado às águas da Cornualha, especialmente porque havia temores de que eles tivessem sido vítimas do aquecimento global depois de não terem aparecido nos últimos anos."

O atleta ainda afirmou que os animais se espalharam por cerca de cinco quilômetros pela costa britânica.

Internacional