PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
15 dias

Pfizer encontrou vacinas falsas no México e na Polônia, diz jornal

Vacinas falsas tinham tratamento antirrugas na Polônia - Divulgação
Vacinas falsas tinham tratamento antirrugas na Polônia Imagem: Divulgação

Colaboração para o UOL

21/04/2021 11h10

A Pfizer, que desenvolveu vacinas contra covid-19 em parceria com a BioNTech, encontrou doses falsas no México e na Polônia. Criminosos teriam tentando lucrar com essa fraude, de acordo com informações do The Wall Street Journal.

As doses foram apreendidas pelas autoridades dos países e encaminhadas para a Pfizer, que fez as análises, segundo o jornal.

No caso da Polônia, a Pfizer detectou que a vacina na verdade era provavelmente um produto para tratamento antirrugas. Mas as autoridades polonesas disseram que ninguém recebeu as doses falsificadas, apreendidas no apartamento de um suspeito.

No caso do México, cerca de 80 pessoas foram vacinadas com um imunizante que tinha rótulo fraudulento, com data de validade errada. As doses foram vendidas por US$ 1.000 e tinham sido armazenadas em freezers de cerveja.

De acordo com o jornal, as principais empresas fabricantes de vacinas, como Pfizer, Moderna e Johnson & Johnson estão agindo com frequência para combater atividades criminosas.

Internacional