PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
6 meses

NYT repercute 'propagação de protestos' em meio a 'escândalo' com vacinas

Igreja da Candelária foi palco de protestos contra o presidente Bolsonaro no Rio - PILAR OLIVARES/REUTERS
Igreja da Candelária foi palco de protestos contra o presidente Bolsonaro no Rio Imagem: PILAR OLIVARES/REUTERS

Do UOL, em São Paulo

04/07/2021 15h21Atualizada em 04/07/2021 15h21

O jornal The New York Times repercutiu os protestos de ontem contra o governo do presidente Jair Bolsonaro e as investigações envolvendo irregularidades na compra de vacinas, afirmando que a situação brasileira é "digna de um reality show".

O veículo norte-americano afirmou que a "ira em torno das últimas revelações era palpável no momento em que dezenas de milhares de pessoas tomaram as ruas para uma terceira etapa de protestos contra o governo".

O jornal acompanhou o protesto no centro do Rio de Janeiro, detalhando que milhares de pessoas marcharam acompanhadas de tambores entoando palavras de ordem como "Fora, Bolsonaro". Um dos manifestantes segurava um cartaz com os dizeres "as pessoas só tomam as ruas em meio a uma pandemia quando o governo é mais perigoso que o vírus".

A matéria também destacou o posicionamento do presidente em meio às denúncias feitas na CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) que apura a atuação governamental durante a pandemia de covid-19, descrevendo que a autoridade não negou que membros do governo possam ter se envolvido em negociações ilegais de vacina, mas que afirmou que é "injusto" apontar seu envolvimento no assunto.

"Eu não tenho como saber o que está acontecendo nos ministérios", disse Bolsonaro na última segunda (28), em fala feita a apoiadores em Brasília e reproduzida pelo NYT. "Nós não fizemos nada de errado".

Internacional