PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
1 mês

Stripper é presa por roubar R$ 58 mil de colega com ajuda do namorado

A stripper Gemma, de 29 anos, e o namorado, Nicholas, de 36, foram condenados por roubo pela justiça inglesa - Reprodução/Redes Sociais
A stripper Gemma, de 29 anos, e o namorado, Nicholas, de 36, foram condenados por roubo pela justiça inglesa Imagem: Reprodução/Redes Sociais

Colaboração para o UOL, em Santos

03/08/2021 12h07

Uma stripper e seu namorado foram presos em Berks, na Inglaterra, após roubarem 8 mil libras (cerca de R$ 58 mil) de outra stripper, após a verem cheia de dinheiro, dado por um cliente rico.

Gemma Lyons, de 29 anos, e seu namorado, Nicholas Proctor, de 36, queriam ficar com a pequena fortuna obtida pela colega dançarina Mihaela Sasarman, depois dela ter sido 'mimada' com muito dinheiro por um cliente.

No final de janeiro do ano passado, Gemma tentou entreter o ricaço no Honeypot, um clube para homens em Maidenhead, Berks (Inglaterra). Mas a stripper ficou furiosa quando Mihaela, cujo nome artístico é Alesha, simulou tomar um banho com o dinheiro oferecido pelo cliente, enquanto tudo o que ela havia conseguido dele foram alguns copos de espumante grátis.

Nicholas, 36, de Hounslow, West London, e Gemma, de Farnborough, Hants, perseguiram a stripper em sua van depois que ela saiu do clube, no meio da madrugada, e caminhou até a estação de trem.

Imagens de uma câmera de segurança obtidas pela polícia mostram quando o namorado de Gemma, Nicholas, derruba Mihaela numa rua perto do clube, antes de tentar arrancar sua bolsa.

O casal atacou a vítima, que tem aproximadamente 30 anos, quando ela parou de caminhar para acender um cigarro. Nicholas então desceu da van e deu um soco na mulher, enquanto tentava pegar a bolsa com o dinheiro, espalhando dezenas de notas pelo chão.

A stripper ficou com um hematoma sob o olho esquerdo e um corte na cabeça por conta do violento ataque, que ocorreu por volta das 3 horas da manhã.

À corte de Reading Crown, durante o julgamento, Nicholas alegou que seu DNA só foi encontrado em Mihaela porque a mulher teria acariciado seu braço, no início da noite de 30 de janeiro.

Vítima voltou para a Romênia

Em seu depoimento, Mihaela disse que, desde o ataque violento, ela vem tendo dificuldades para dormir e chora pensando no que aconteceu.

A stripper decidiu retornar ao seu país natal, a Romênia, porque não teve mais coragem de comparecer ao trabalho. Ela só retornou ao Reino Unido para o julgamento.

"Descobrir que uma colega de trabalho era a responsável pelo ataque me abalou. Pensei que cuidaríamos uma do outra e não que atacaríamos uma à outra", afirmou.

O casal de agressores chorou no banco dos réus ao ouvir a sentença. Por acusação de roubo, Gemma foi condenada a dois anos e seu namorado, Nicholas, a cinco anos de prisão.

Internacional