PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
1 mês

Casal paga R$ 62 mil para retirar 450 mil abelhas de dentro de suas paredes

O apicultor chamado pelo casal encontrou três colônias com 450 mil abelhas vivendo dentro das paredes da casa - Arquivo Pessoal/Allan Lattanzi
O apicultor chamado pelo casal encontrou três colônias com 450 mil abelhas vivendo dentro das paredes da casa Imagem: Arquivo Pessoal/Allan Lattanzi

Colaboração para o UOL, em Santos

04/08/2021 10h21

Um casal norte-americano que comprou recentemente uma casa na Pensilvânia precisou pagar US$ 12 mil (cerca de R$ 62 mil) para que 450.000 abelhas fossem removidas de dentro das paredes.

Sara Weaver disse que ela e seu marido compraram a casa de 1872, em Skippack, sem realizar uma inspeção porque estavam procurando uma casa na área e queriam se mudar rapidamente.

Sara disse que compraram a casa no inverno, então as abelhas não estavam ativas na época.

"Na divulgação do vendedor dizia 'abelhas na parede'. Mas acabamos ficando com a casa porque em primeiro lugar, não vimos nada quando chegamos. Em segundo, estávamos tão apressados que quando encontramos um terreno que estava dentro de nossa faixa de preço, eu realmente não fiz perguntas sobre essas abelhas ", disse Sara à CNN.

"Não pensei que seria um problema tão grande. Nem passou pela minha cabeça, mas quando a primavera chegou, começamos a vê-las."

Apicultor profissional

O casal contratou Allan Lattanzi, empreiteiro geral e apicultor profissional, para se livrar dos insetos nas paredes.

Lattanzi disse que tinha estado na casa cerca de quatro anos atrás, mas a proprietária anterior disse que não podia pagar pelo custo da remoção e decidiu deixar as abelhas lá.

Casal compra casa de fazenda com 450 mil abelhas vivendo dentro das paredes - Arquivo Pessoal/Allan Latanzi - Arquivo Pessoal/Allan Latanzi
A casa comprada pelo casal estava forrada de abelhas vivendo dentro das paredes
Imagem: Arquivo Pessoal/Allan Latanzi

O apicultor removeu cerca de 450.000 abelhas, que faziam parte de três colônias, dentro das paredes da casa. Ele disse que as abelhas parecem ter vivido ali por mais de 35 anos.

Os Weavers disseram que o custo total da remoção e reconstrução das abelhas nas partes danificadas da casa chegou a US$ 12 mil (cerca de R$ 62 mil).

O apicultor disse que as colônias foram levadas para uma fazenda em Yerkes, onde ele mantém suas próprias abelhas em colmeias artificiais.

Internacional