PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
3 meses

Polícia pode ter encontrado restos mortais de mulher que sumiu em 1978

Alberta Leeman tinha 63 anos quando desapareceu - Polícia de New Hampshire
Alberta Leeman tinha 63 anos quando desapareceu Imagem: Polícia de New Hampshire

Do UOL, em São Paulo

08/08/2021 17h09

A polícia de New Hampshire, estado que fica na costa leste dos EUA, investiga o caso de um carro que ficou submerso em um rio por décadas. No veículo estavam restos mortais que podem ser de uma mulher desaparecida há 43 anos.

De acordo com a polícia, mergulhadores do New Hampshire Fish and Game Department, um órgão do estado, encontraram o veículo de modelo Pontiac LeMans 1972 no Rio Connecticut, entre as cidades de Lancaster e Lunenburg (que fica no estado de Vermont). Investigações preliminares apontam que o carro pode pertencer a Alberta Leeman, que morava na cidade de Gorham, em New Hampshire.

Leeman desapareceu em 1978, aos 63 anos, em circunstâncias que "não são consideradas suspeitas", segundo a polícia. As investigações prosseguem para que seja esclarecido como o carro caiu no rio.

Segundo o jornal New Hampshire Union Leader, a família de Leeman passou anos buscando informações sobre o que poderia ter acontecido. Parentes relatam que, na ocasião do desaparecimento, a bolsa da mulher e uma xícara de café foram encontrados na casa dela.

"Eles ficaram desconfiados sobre o que poderia ter acontecido. Ela poderia ter sido levada. Tudo estava na casa dela, à exceção do carro e da própria Alberta", explicou Roxanne McLain, neta de Leeman, ao jornal. McLain tinha 16 anos quando a avó desapareceu.

Internacional