PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
5 meses

Levantadora de peso bate recorde no Guinness Book aos 100 anos de idade

A tataravó Edith Murway-Traina compete como levantadora de peso e consegue levantar até cerca de 75 quilos  - Reprodução/Guinness World Records/Youtube
A tataravó Edith Murway-Traina compete como levantadora de peso e consegue levantar até cerca de 75 quilos Imagem: Reprodução/Guinness World Records/Youtube

Colaboração para o UOL, em São Paulo

09/08/2021 18h05Atualizada em 09/08/2021 18h07

A norte-americana Edith Murway-Traina, que completou 100 anos de idade ontem, se tornou a levantadora de peso competitiva mais velha do mundo pelo Guinness World Records, segundo anunciou no mesmo dia o site do famoso livro de recordes mundiais.

A tataravó é residente de Tampa, no estado da Flórida, e consegue fazer levantamentos de até cerca de 75 quilos. Ela suporta também um supino de quase 30 quilos.

Murway-Traina foi dançarina e professora de dança no passado. A americana começou a levantar pesos, apenas como um hobby, quando tinha 91 anos de idade, de acordo com a emissora ABC7.

Ela viu algumas colegas na academia praticando a modalidade e resolveu tentar também. "Enquanto eu observava aquelas garotas fazendo suas coisas, pensei que também deveria pegar algumas barras, e assim eu o fiz", recorda a idosa, segundo o Guinness.

"Descobri que estava gostando e me desafiando a ficar um pouco melhor. Em pouco tempo, eu fazia parte da equipe", completa.

A tataravó já competiu em mais de uma dúzia de competições de levantamento de peso e rapidamente começou a ganhar troféus. Ela afirma que já não tem mais espaço em casa para tantos prêmios.

Sua rotina como levantadora, entretanto, enfrentou uma pausa devido à pandemia de covid-19. Mas Murway-Traina diz agora estar muito animada para retomar os exercícios com seu treinador e competir em breve.

"Espero que em novembro eu receba outro troféu com muitos aplausos", conta a senhora.

Internacional