PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
1 mês

Adolescente tenta medir pênis com cabo USB e acaba precisando de cirurgia

Raio x mostra como cabo USB ficou preso na uretra de adolescente - Reprodução/Urulogy Case Reports
Raio x mostra como cabo USB ficou preso na uretra de adolescente Imagem: Reprodução/Urulogy Case Reports

Colaboração para o UOL

17/09/2021 22h05Atualizada em 18/09/2021 08h21

Um adolescente britânico, de 15 anos, passou por uma cirurgia de emergência após uma experiência malsucedida ao tentar medir o próprio órgão genital com um cabo USB. Ele introduziu o objeto na uretra e não conseguiu mais retirar. O caso chamou a atenção dos médicos e foi tema de artigo da revista científica Urulogy Case Reports, publicado no último sábado (11).

As tentativas de expulsar o objeto do corpo agravaram ainda mais a situação. Ele começou a urinar sangue e precisou ser levado ao hospital onde foi operado. O adolescente recebeu alta no dia seguinte e foi medicado com antibióticos.

O raio x do paciente, anexado ao estudo, mostra o objeto próximo à uretra. O tamanho do cabo USB não foi mencionado no artigo.

A mãe do garoto o acompanhou a todo o momento e, quando ela não estava por perto, o adolescente contou aos médicos que colocou o cabo "por curiosidade", sem nem imaginar que algo mais grave poderia acontecer, descreve a publicação.

Os médicos apontaram no estudo que o paciente não apresentava transtornos mentais e consideraram o feito "mais um caso de curiosidade sexual". O cabo foi removido com sucesso.

Internacional