PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
15 dias

Casal morre de covid-19 de mãos dadas, com intervalo de 1 minuto

Cal e Linda Dunham morreram após serem retirados do aparelho de suporte de vida na segunda-feira - Reprodução/Facebook
Cal e Linda Dunham morreram após serem retirados do aparelho de suporte de vida na segunda-feira Imagem: Reprodução/Facebook

Colaboração para o UOL, em Santos

28/09/2021 10h57Atualizada em 28/09/2021 10h59

Um casal de Michigan, nos EUA, morreu de covid-19 com menos de um minuto de intervalo e de mãos dadas, de acordo com sua filha.

Os moradores de Grand Rapids, Cal Dunham, de 59 anos, e sua esposa Linda, de 66, que tinham problemas de saúde preexistentes, começaram a se sentir mal durante uma viagem em família neste mês, informou a Fox 17.

Ambos haviam tomado as duas doses de vacina - a imunização reduz os riscos de hospitalização e morte pelo coronavírus, mas não garante 100% de eficácia, e a condição deles pode ter se agravado pelas comorbidades. Os problemas de saúde preexistentes não foram informadas pelos familiares.

"Meu pai me ligou antes de nossa viagem de acampamento em família e disse que não estava se sentindo bem, mas ele achou que fosse apenas sinusite, e Linda disse 'ele me deu seu resfriado'", contou a filha do casal, Sarah Dunham.

Casal que morreu de covid de mãos dadas tinha comorbidades - Arquivo Pessoal - Arquivo Pessoal
Ainda não se sabe quais comorbidades o casal tinha e que podem ter contribuído para suas mortes.
Imagem: Arquivo Pessoal

"No terceiro dia, eles me acordaram e disseram: 'Temos que ir porque não nos sentimos bem'. Eu os ajudei a guardar as coisas deles e eles foram embora", disse ela.

Em poucos dias, as condições de saúde do casal deterioraram e eles foram colocados em ventiladores pulmonares. Na segunda-feira, eles morreram após serem retirados do aparelho de suporte de vida. Cal, às 11h07, e Linda menos de um minuto depois.

A filha diz que eles seguraram as mãos um do outro enquanto morriam juntos.

"Ela sempre brincava e dizia: 'Bem, você vai antes de mim, eu estarei bem atrás de você, eu prometo'. E ela realmente estava, como se realmente estivesse bem atrás dele", disse Sarah à Fox 17.

"O amor que eles encontraram, depois de viverem casamentos anteriores, é fantástico", disse ela. "Eles eram pessoas para quem você olha e diz 'eu quero ser velho assim, quero esse amor quando tiver essa idade'".

A filha enlutada também expressou sua frustração porque muitas pessoas não levam a sério o vírus mortal.

"Estou com raiva porque muitas pessoas estão tipo 'se eu pegar covid, eu pego covid, e pronto'. Não, não é assim", disse ela.

"Pode ser qualquer pessoa. Eles fizeram tudo certo, fizeram de tudo para seguir os protocolos da maneira que deveria ser feito".

Internacional