PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
15 dias

Criança tem queimadura grave ao tocar em planta venenosa; foto é forte

"Giant hogweed" libera seiva que causa queimaduras na pele em contato com o sol - Natubico/Creative Commons
"Giant hogweed" libera seiva que causa queimaduras na pele em contato com o sol Imagem: Natubico/Creative Commons

Do UOL, em São Paulo

14/06/2022 21h55Atualizada em 20/06/2022 10h33

Uma menina de quatro anos teve queimaduras graves na mão após tocar em uma planta venenosa em um parque da cidade de Bolton, no condado de Manchester, no Reino Unido.

O caso foi registrado no começo de junho e ganhou as redes sociais após a escola na qual a criança estudava, Hardy Mill Primary School, divulgar um comunicado aos pais sobre os perigos da "Giant Hogweed".

"Uma das nossas crianças esteve em contato com essa planta e terminou no hospital. Por favor, procurem por esta planta nos seus jardins e falem sobre ela com suas crianças", disse trecho do comunicado, publicado pelo jornal britânico Manchester Evening News.

O contato da menina com a planta teria sido registrado no Longsight Park. Apesar dos ferimentos, ela não corre risco de morte e se recupera das queimaduras.

planta - Hardy Mill Primary School/Reprodução - Hardy Mill Primary School/Reprodução
Imagem: Hardy Mill Primary School/Reprodução

A Giant Hogweed, cujo nome científico é Heracleum mantegazzianum, é uma planta da família Apiaceae. Ela é considerada "invasiva" e libera uma espécie de seiva quando entra em contato com a pele, podendo causar queimaduras severas quando a pele infectada entra em contato com a luz do sol ou com a umidade.

A orientação dada aos que entrarem em contato com a planta é lavar bem a área atingida e evitar contato com o sol por pelo menos 48 horas.

Internacional