Topo

Conteúdo publicado há
9 meses

Madeleine McCann: Testemunha-chave diz que polícia ignorou denúncia em 2008

A polícia procura por Madeleine McCann, que desapareceu em Portugal em 2007 - PA MEDIA
A polícia procura por Madeleine McCann, que desapareceu em Portugal em 2007 Imagem: PA MEDIA

Do UOL, em São Paulo

30/06/2023 12h37Atualizada em 30/06/2023 12h37

Uma testemunha-chave do caso Madeleine McCann contou que denunciou o principal suspeito do caso, Christian Brueckner, em 2008, mas foi ignorado.

O que aconteceu:

Helge Busching, ex-amigo de Brueckner, disse que revelou informações cruciais à polícia de Londres em 2008, mas foi ignorado. As revelações foram mostradas pelo jornal britânico Daily Mail.

Em 3 de maio de 2007, a menina de três anos sumiu em Algarve, Portugal, durante férias com a família.

Ele explicou que ficou sabendo do passado sombrio de Brueckner ao descobrir "vídeos angustiantes" de abusos sexuais, nos quais ele supostamente abusava de uma idosa americana e de uma adolescente, em Portugal, segundo a reportagem.

Além disso, a testemunha disse ainda que soube da verdadeira natureza de Brueckner muito antes do desaparecimento de Madeleine, quando roubou algumas fitas de vídeo e uma arma da casa do suspeito.

Apesar de ter deixado Portugal após o desaparecimento de Madeleine, Busching reencontrou Brueckner em 2008, durante festival de música na Espanha. Naquela época, o suspeito do rapto já havia sido condenado por crimes sexuais.

Na ocasião, o desaparecimento de Madeleine foi tema de conversa entre eles, e ao questionar "como a pequena poderia ter desaparecido sem deixar rasto", Christian, que já tinha bebido, disse ao amigo: "Ela não gritou". O relato foi feito ao jornal alemão Bild.

"Eu pensei, ele sabe isto. Ele tem alguma coisa a ver com isto. Mas também notou que tinha percebido e depois saiu", contou Helge Busching, que revelou ter procurado a Polícia Metropolitana de Londres em seguida.

Liguei para a Scotland Yard em 2008. Para a linha direta da Maddie. Disse que conhecia alguém que poderia ter algo a ver com o caso e dei-lhes o nome. Mas não aconteceu nada. Nada. Nunca me ligaram de volta
Helge Busching

Caso segue sem desfecho

Na noite do crime, os pais dela saíram para jantar com amigos em um restaurante próximo e deixaram os filhos no quarto do hotel dormindo. Quando voltaram, Madeleine havia desaparecido sem deixar rastros.

Caso nunca foi solucionado. De 2007 até hoje, Madeleine foi "vista" cerca de 9 mil vezes e em mais de cem países, incluindo a Itália, onde foi confundida com uma sem-teto, mas todas as pistas eram falsas.

Suspeito está preso por um outro crime. Christian Brueckner foi condenado a 7 anos de cadeia por um caso de estupro. O crime foi cometido contra uma idosa em 2005, na praia da Luz, em Portugal, local do desaparecimento de Madeleine. Além disso, ele possui condenações por tráfico de drogas.