Conteúdo publicado há 8 meses

Eduardo Bolsonaro celebra Javier Milei na Argentina: 'Livres do socialismo'

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PL-SP) comemorou a vitória do economista ultraliberal de extrema direita Javier Milei nas eleições primárias para presidência da Argentina, obrigatória para a maioria dos adultos, tornando-se um ensaio geral para o pleito de 22 de outubro.

O que ele disse

No Twitter, o parlamentar disse que a vitória de Milei há um ano era um "sonho". "Um ano atrás era um sonho, daí virou meta e hoje é realidade. Um excelente começo para o que pode ser a mudança real que a Argentina precisa".

Ele também afirmou que os "vizinhos" estão "livres" do socialismo. "Com vizinhos livres do socialismo o Brasil tem um ambiente mais favorável retomar o caminho da liberdade".

Sem nenhuma estrutura partidária, Javier Milei venceu em 16 das 24 províncias argentinas. Ele ganhou, com muita vantagem, em províncias onde o peronismo nunca perde. O resultado indicaria o cansaço social da população com a política tradicional.

Apurados 97% dos votos, Javier Milei soma 30%. Dez pontos a mais do que qualquer pesquisa indicou.

Em segundo lugar, ficou Patricia Bullrich, da coalizão Juntos pela Mudança, que somou 28,2%.

Em terceiro lugar, o candidato governista, Sergio Massa, atual ministro da Economia, obteve 27,2%.

Deixe seu comentário

Só para assinantes