Conteúdo publicado há 8 meses

Secretário dos EUA e premiê de Israel se abrigam em bunker após sirenes

O secretário de Estado dos Estados Unidos, Antony Blinken, e o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, se abrigaram em um bunker por cinco minutos após sirenes dispararem em Tel Aviv. Os dois estavam em uma reunião quando o alerta tocou.

O que aconteceu

Blinken e Netanyahu estavam reunidos quando sirenes dispararam. Os dois se abrigaram em um bunker por cinco minutos, segundo o porta-voz do Departamento de Estado dos EUA, Matthew Miller.

Após fim do alerta, os dois seguiram para outro local. Eles continuaram as discussões no no centro de comando do Ministério da Defesa de Israel, ainda de acordo com Miller.

É a segunda reunião de Blinken em Israel em menos de uma semana. Os encontros acontecem em meio às sinalizações de que Israel está pronto para começar a atacar a Faixa de Guerra por terra.

Possível visita de Biden

Mídia americana fala em possível visita do presidente dos EUA a Israel. As apostas ficaram mais fortes depois do cancelamento de uma viagem de Joe Biden ao Colorado, que seria feita hoje. A Casa Branca disse que o presidente americano ficará em Washington para "participar de reuniões sobre questões de segurança nacional".

Governo dos EUA confirma convite de Netanyahu a Biden. O porta-voz da Casa Branca, John Kirby, disse hoje que o presidente dos EUA foi convidado por Netanyahu para ir a Israel, mas acrescentou que "não há nenhuma viagem sobre a qual eu possa falar neste momento". Biden "permanece concentrado no que está acontecendo entre Israel e Hamas", reforçou.

Ida a Israel não seria a primeira viagem de Biden a um país em guerra. Em fevereiro, o presidente dos EUA viajou à Ucrânia — visita que foi planejada em absoluto segredo. Biden também visitou Israel em julho de 2022.

(*Com AFP e Reuters)

Deixe seu comentário

Só para assinantes