Conteúdo publicado há 4 meses

Antes do anúncio do resultado eleitoral, Massa reconhece derrota para Milei

Antes do resultado oficial das eleições na Argentina, Sergio Massa (União pela Pátria) reconheceu a derrota e parabenizou o adversário Javier Milei. O anúncio oficial foi confirmado por volta de 20h20 pela autoridade eleitoral do país.

O que aconteceu

O ministro da Economia da Argentina, e candidato à presidência, Sergio Massa, fez um discurso a eleitores na noite deste domingo (19). Ele também confiou a Alberto Fernández a implementação de mecanismos de "transição" nos próximos dias.

Milei recebeu 55,7% dos votos, contra 44,3% de Sergio Massa. Até as 23h30 (horário de Brasília), mais de 99% das urnas haviam sido apuradas.

Massa disse que os resultados "não são os que esperávamos" e disse que já conversou com Milei: "Para parabenizá-lo e desejar-lhe boa sorte, porque é o presidente que a maioria dos argentinos elegeu para os próximos quatro anos", disse.

Os argentinos escolheram outro caminho. A partir de amanhã, a tarefa de dar certezas e transmitir garantias sobre o funcionamento social, político e econômico é responsabilidade do presidente eleito. Esperamos que o faça
Sergio Massa

"O mais importante que deve ser deixado aos argentinos é a mensagem de convivência, diálogo e paz diante de tanta violência e desqualificação, é o melhor caminho que podemos seguir", acrescentou.

19.nov.2023 - Apoiadores de Javier Milei aguardam resultado das eleições na Argentina
19.nov.2023 - Apoiadores de Javier Milei aguardam resultado das eleições na Argentina Imagem: 19.nov.2023 - Amanda Cotrim/UOL

Continua após a publicidade

O comparecimento às urnas foi baixo, de 76%, segundo a Dirección Nacional Electoral da Argentina. É menos do que o registrado em eleições anteriores e também abaixo do que o visto no primeiro turno (77%).

No primeiro turno, Massa havia ficado em primeiro lugar, com 36,68% dos votos. Milei, em segundo, teve 29,98%. A terceira colocada no primeiro turno, Patrícia Bullrich, obteve um número expressivo de votos: 23,83%. Essa fatia do eleitorado era considerada decisiva para o resultado deste domingo. Para o segundo turno, Patrícia declarou apoio em Milei.

Quem é Javier Milei

Milei é considerado um outsider na política. Foi eleito deputado federal em 2021 e ficou conhecido por participações em talk shows.

Milei se declara "anarcocapitalista", corrente ultraliberal que defende privatizações e ausência do Estado.

Continua após a publicidade

Uma de suas propostas polêmicas é dolarizar a economia e abandonar o desvalorizado peso argentino. Já falou em fechar o Banco Central e facilitar a posse de armas de fogo para a população. Chamou as mudanças climáticas de "farsas da esquerda" e considera a educação sexual como uma manobra para destruir a família.

19.nov.2023 - O candidato presidencial argentino Javier Milei vota durante o segundo turno das eleições presidenciais argentinas, em Buenos Aires, Argentina
19.nov.2023 - O candidato presidencial argentino Javier Milei vota durante o segundo turno das eleições presidenciais argentinas, em Buenos Aires, Argentina Imagem: REUTERS/Agustin Marcarian

Deixe seu comentário

Só para assinantes