Conteúdo publicado há 2 meses

Avião da Marinha dos EUA que caiu no mar do Havaí está apoiado em corais

Um avião da Marinha dos EUA que caiu em águas de baixa profundidade está apoiado em um recife de corais no Havaí. A área é considerada ambientalmente sensível.

O que aconteceu

O avião ultrapassou a pista de uma base da Marinha no Havaí e pousou nas águas da Baía de Kaneohe em 20 de novembro. Nove pessoas estavam a bordo do P-8A Poseidon, mas ninguém ficou ferido. As informações são da TV CBS News.

Um vídeo da Marinha mostra que os pneus e o motor esquerdo da aeronave estão apoiados em corais e na areia. Segundo a Marinha, são dois pontos de contato da aeronave com os corais, "o restante está flutuando acima".

A Marinha tenta criar um plano para retirar o avião da água. Já foram removidos quase 7.500 litros de combustível da aeronave para evitar a contaminação das águas. A Baía de Kaneohe abriga recifes de coral e também é um terreno de tubarões-martelo.

O comandante Mark Anderson, que lidera a unidade de mergulho da Marinha no local, diz que o pouso pode ter danificado um pouco os corais, mas que não parecia haver "pedaços grandes faltando". As autoridades ambientais devem realizar uma avaliação de danos após a remoção da aeronave.

A Marinha dos EUA também investiga os motivos do incidente. No momento do pouso, o tempo estava chuvoso.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes