Ambiente

Pela 1ª vez, Pequim emite o mais grave nível de alerta devido à poluição

Do UOL, em São Paulo

  • Jason Lee/ Reuters

    Camada de poluição encobre a visão de prédios em Pequim, China, nesta segunda-feira

    Camada de poluição encobre a visão de prédios em Pequim, China, nesta segunda-feira

Pela primeira vez, Pequim, na China, emitiu um "alerta vermelho" por causa dos altos índices de poluição no ar, nesta segunda-feira (7). O alerta vermelho é o nível mais grave de uma escala que vai até quatro.

Pequim mantinha o "alerta laranja", o nível três em uma escala de quatro cores. Após alguns dias de trégua, a quantidade de partículas de poluição no ar voltou a subir no domingo (6).

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a quantidade máxima de partículas suportadas pelos humanos é de 25 microgramas por metro cúbico. Hoje, às 18h (hora local) esse número estava em 256 na capital chinesa.

O alerta vermelho estará em vigor entre 7h de terça-feira (8) até às 12h de quinta-feira (10), no horário local (21h de segunda-feira, 7, até 2h da quinta-feira, 10, pelo horário de Brasília).

Durante esse período, segundo o centro de gerenciamento de emergências de Pequim, as escolas são aconselhadas a suspender as aulas, atividades ligadas a construção em áreas abertas são proibidas e o funcionamento de empresas consideradas "altamente poluentes" é interrompido ou limitado.

Pequim também adotará um sistema de rodízio de carros e 30% dos veículos oficiais ficarão na garagem.

Segundo o Centro de Monitoramento Ambiental da Cidade de Pequim, a poluição do ar pesada irá durar até a quinta-feira (10). Na tarde de quinta-feira, a poluição deve se dispersar devido à chegada de uma frente fria.

Esta é a primeira vez que Pequim adota o alerta vermelho para a neblina de poluição desde 2013, quando a cidade adotou o programa de ação emergencial para a poluição do ar.

O sistema de alerta é composto por quatro cores -- azul, amarelo, laranja e vermelho. O alerta vermelho é o mais alto e impõe uma série de medidas extremas para reduzir os índices de poluição. (Com as agências internacionais)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos