Ibope: Sem Lula, Bolsonaro tem 17%, Marina, 13%, Ciro, 8%, e Alckmin, 6%

Felipe Amorim

Do UOL, em Brasília

  • Senado, Reuters, BBC e divulgação

Pesquisa Ibope para a corrida presidencial divulgada nesta quinta-feira (28) mostra, em um cenário sem a participação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), o pré-candidato Jair Bolsonaro (PSL) com 17% das intenções de voto, seguido por Marina Silva (Rede) 13%. Eles estão tecnicamente empatados, no limite da margem de erro, que é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

No cenário em que o nome de Lula foi testado, ele lidera a pesquisa com 33% (leia abaixo). Quando o nome do ex-presidente não pareceu, o Ibope testou o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT).

Cenário sem Lula

  • Jair Bolsonaro (PSL) - 17%
  • Marina Silva (Rede) - 13%
  • Ciro Gomes (PDT) - 8%
  • Geraldo Alckmin (PSDB) - 6%
  • Álvaro Dias (Podemos) - 3%
  • Fernando Collor (PTC) - 2%
  • Fernando Haddad (PT) - 2%
  • Manuela D'Ávila (PCdoB), Rodrigo Maia (DEM), Flávio Rocha (PRB), Guilherme Boulos (PSOL), Henrique Meirelles (MDB), João Amoêdo (Novo), João Goulart Filho (PPL), Levy Fidelix (PRTB) - 1% cada um
  • Aldo Rebelo (SDD), Paulo Rabello de Castro (PSC), Guilherme Afif (PSD) e Valéria Monteiro (PMN) - não atingiram 1%
  • Branco e nulo - 33%
  • Não sabe ou não respondeu -  8%

Cenário com Lula

  • Lula (PT) - 33%
  • Jair Bolsonaro (PSL) - 15%
  • Marina Silva (Rede) - 7%
  • Ciro Gomes (PDT) - 4%
  • Geraldo Alckmin (PSDB) - 4%
  • Álvaro Dias (Podemos) - 2%
  • Fernando Collor (PTC), Flávio Rocha (PRB), João Amoêdo (Novo), João Goulart Filho (PPL), Levy Fidelix (PRTB), Manuela D'Ávila (PCdoB) - 1% cada um
  • Aldo Rebelo (SDD), Guilherme Afif (PSD), Guilherme Boulos (PSOL), Henrique Meirelles (MDB), Paulo Rabello de Castro (PSC), Rodrigo Maia (DEM), Valéria Monteiro (PMN) - não atingiram 1%
  • Branco e nulo - 22%
  • Não sabe ou não respondeu - 6%

Lula foi condenado em segunda instância na Operação Lava Jato, hipótese que o enquadra na Lei da Ficha Limpa, o que, em tese, impediria sua candidatura.

Essa análise deverá ser feita pela Justiça Eleitoral no momento do pedido de registro da candidatura, que tem prazo final em 15 de agosto. O PT tem afirmado até o momento que Lula é o candidato do partido.

Collor, Bolsonaro e Lula são os mais rejeitados

O Ibope também mediu a rejeição aos pré-candidatos, perguntando em quem os entrevistados não votariam de jeito nenhum. Nesse quesito, 2% disse que poderia votar em qualquer dos candidatos e 11% afirmou não saber ou não quis responder. Veja o resultado:

  • Fernando Collor de Mello (PTC) - 32%
  • Jair Bolsonaro (PSL) - 32%
  • Lula (PT) - 31%
  • Geraldo Alckmin (PSDB) - 22%
  • Ciro Gomes (PDT) - 18%
  • Marina Silva (Rede) - 18%
  • Rodrigo Maia (DEM) - 13%
  • Fernando Haddad (PT) - 12%
  • Henrique Meirelles (MDB) - 11%
  • Levy Fidelix (PRTB) - 10%
  • Aldo Rebelo (SD) - 9%
  • Álvaro Dias (Podemos) - 9%
  • Flávio Rocha (PRB) - 9%
  • Guilherme Boulos (PSOL) - 9%
  • João Goulart Filho (PPL) - 9%
  • Manuela D'Ávila (PCdoB) - 9%
  • João Amoêdo (Novo) - 8%
  • Guilherme Afif (PSD) - 8%
  • Paulo Rabello de Castro (PSC) - 8%
  • Valéria Monteiro (PMN) - 8%

Primeira pesquisa Ibope

Esta foi a primeira vez que o Ibope realizou uma pesquisa de intenção de voto para as eleições presidenciais deste ano. O levantamento foi contratado pela CNI (Confederação Nacional da Indústria).

A pesquisa feita entre os dias 21 e 24 de junho e entrevistou 2.000 pessoas em 128 municípios. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.

O levantamento foi registrado no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) com o número BR-02265/2018.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos