Em resposta ao #EleNão, apoiadores de Bolsonaro promovem atos pelo país

Do UOL, em São Paulo*

  • Paulo Whitaker/Reuters

    30.set.2018 - Milhares de pessoas participam de ato pró-Bolsonaro na av. Paulista

    30.set.2018 - Milhares de pessoas participam de ato pró-Bolsonaro na av. Paulista

Manifestantes favoráveis a Jair Bolsonaro (PSL) saíram às ruas em diversas cidades do país neste domingo (30) para declarar apoio ao candidato a presidente da República. Os atos foram uma resposta ao movimento "Mulheres contra Bolsonaro" que também reuniu milhares de pessoas em diversas cidades brasileiras no sábado (29).

Na cidade de São Paulo, a manifestação pró-Bolsonaro teve início às 14h na avenida Paulista, na altura do Masp (Museu de Arte de São Paulo), e reuniu milhares de pessoas, com camisetas verde-amarelas --a Polícia Militar não divulgou estimativa de público.

O evento, marcado pelo discurso do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidenciável, e por um boneco inflável que representa o candidato a vice na chapa do PSL, general da reserva Hamilton Mourão, foi abreviado por volta das 16h30 em razão de forte chuva que atingiu a região.

Interior de São Paulo

Antes de comparecer ao evento na avenida Paulista, Eduardo Bolsonaro participou pela manhã de outro ato em Campinas, a 100 km da capital. Cerca de 3.000 pessoas, segundo a Polícia Militar, se concentraram no largo do Rosário, na região central, e caminharam até a praça Arautos da Paz.

Maycon Soldan/Estadão Conteúdo
Grupo faz caminhada em apoio a Jair Bolsonaro (PSL), em Campinas (SP)

Outras cidades do interior do estado também registraram eventos pró-Bolsonaro. Em Araçatuba, cerca de 2.000 veículos, segundo a PM, participaram de carreata na avenida dos Araçás. Em Bauru, a concentração ocorreu na praça da Paz, mas a PM não divulgou estimativa de público.

Em São José dos Campos, simpatizantes do candidato do PSL realizaram um ato na praça Afonso Pena e depois saíram em carreata pelas ruas da cidade. Houve carreatas também em Jundiaí, São Carlos, Jales, São Manoel, Ipiguá e Botucatu. Em Sorocaba, cerca de 600 manifestantes se reuniram em frente ao Palácio dos Tropeiros, sede da prefeitura.

Caminhadas em BH, Salvador, Vitória e Porto Alegre

Em Belo Horizonte (MG), os apoiadores de Bolsonaro se encontraram pela manhã na praça Geralda Damata Pimentel e depois seguiram em passeata pela orla da lagoa da Pampulha. O evento teve hino das Forças Armadas, comemoração pela alta hospitalar do deputado federal e oração.

Em Salvador (BA), milhares de pessoas vestidas de verde-amarelo, com bandeiras do Brasil e cartazes com frases de apoio a Bolsonaro ocuparam o calçadão da praia do Farol da Barra. O ato foi uma reação ao protesto "Mulheres contra Bolsonaro" realizado ontem, que saiu em passeata do Campo Grande, no centro da capital, até o Farol.

Fabio Bouzas/Folhapress
Manifestantes pró-Bolsonaro ocupam o calçadão da praia do Farol da Barra, em Salvador

Em Porto Alegre (RS), os partidários de Bolsonaro se encontraram na avenida Goethe, área nobre da capital gaúcha, na tarde deste domingo. O local é tradicional ponto de comemorações esportivas da cidade e ficou marcado por ser palco das manifestações pelo impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT).

Em Manaus (AM), eleitores de Bolsonaro fizeram uma manifestação na manhã de hoje na praia da Ponta Negra. O ato contou com uma passeata e manifestantes em motocicletas. A organização do evento estimou o público em 5.000 pessoas.

Henrique Rodrigues/Estadão Conteúdo
Em Manaus, eleitores de Bolsonaro se concentraram na praia da Ponta Negra

No Espírito Santo, os eleitores de Bolsonaro realizaram uma passeata na Terceira Ponte, que liga as cidades vizinhas de Vila Velha e Vitória. Atos a favor de Bolsonaro também foram realizados em Maceió (AL), Belém (PA) e em Recife (PE), onde uma carreata percorreu a orla da praia de Boa Viagem.

No Rio de Janeiro (RJ), o movimento a favor de Bolsonaro aconteceu no sábado. O ato "Mulheres com Bolsonaro" ocupou uma extensão de 100 m da avenida Atlântica, em Copacabana.

Brasília tem carreata

No Distrito Federal, apoiadores de Bolsonaro formaram uma carreata na Esplanada dos Ministérios. Cerca de 25 mil veículos participam do ato, segundo a Polícia Militar. A manifestação começou cedo e pequena, com cerca de 200 pessoas. Perto das 11h, porém, conseguiu atrair mais integrantes e formar uma grande carreata nas proximidades do Congresso Nacional.

Dida Sampaio/Estadão Conteúdo
Apoiadores de Bolsonaro realizam carreata na Esplanada dos Ministérios, em Brasília

Pessoas que passavam pelo local eram abordadas pelos eleitores de Bolsonaro, que entregavam panfletos e cumprimentavam quem recebia o material com um gesto que simulava uma arma atirando, como o candidato costuma fazer em atos públicos.

O movimento foi organizado em grupos nas redes sociais. A página de um desses grupos informa que eventos de apoio ao candidato têm sido feitos rotineiramente aos domingos e prosseguirão até o segundo turno --atualmente, as pesquisas apontam Bolsonaro e Fernando Haddad (PT) disputando o segundo turno.

Ontem, manifestantes contrários a Bolsonaro também lotaram ruas do Distrito Federal. Outras cidades do Brasil e de outros países também reuniram protestos contra o candidato, dentre elas, Nova York, Lisboa, Paris e Washington.

Sob o slogan  #EleNão, a campanha foi criada dentro de um grupo no Facebook que reúne 3,8 milhões de mulheres. As lideranças do movimento afirmam que a campanha é para alertar a população sobre as ideias de Bolsonaro, consideradas pelos participantes como "fascistas e machistas".

*Com Estadão Conteúdo

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos