MP do Mato Grosso denuncia mais 31 por envolvimento com a máfia das sanguessugas

Da Agência JB

Dois anos e meio depois da operação Sanguessuga, realizada pela Polícia Federal para desarticular um esquema de fraudes com recursos federais para a compra de ambulâncias, o Ministério Público Federal em Mato Grosso denunciou mais 31 pessoas envolvidas com a organização criminosa que ficou conhecida como máfia das sanguessugas.

Os ex-prefeitos Marcelo Araújo Alonso (Nova Maringá), Luiz Cândido de Oliveira (Terra Nova do Norte), Valdizete Martins Nogueira (Jaciara), Divino Marciano da Silva (Jauru) e José Miguel (Rio Branco) e 26 servidores das comissões de licitações dos municípios envolvidos foram denunciados por fraudar licitações para permitir que as empresas do grupo Vedoin fossem as fornecedoras de ambulâncias e unidades móveis odontológicas para os municípios. Eles responderão pelos crimes de formação de quadrilha e fraude à licitação.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos