PUBLICIDADE
Topo

Política

Em vídeo, presidente do PT diz que petistas condenados devem recorrer a fóruns internacionais

Do UOL, em Brasília

13/11/2012 16h11Atualizada em 13/11/2012 17h19

Em vídeo publicado nesta terça-feira (13) no site oficial do PT (www.pt.org.br), o presidente nacional da sigla, Rui Falcão, se diz "indignado" com as penas a que foram condenados os ex-integrantes da cúpula do partido --José Dirceu, ex-ministro, José Genoino, ex-presidente da legenda, e Delúbio Soares, ex-tesoureiro do partido.

Ontem, o STF definiu as penas do chamado núcleo político do mensalão. O ex-ministro da Casa Civil do governo Lula foi condenado a dez anos e dez meses de prisão; Genoino, a seis anos e 11 meses; e Delúbio, a oito anos e 11 meses.

"Recebi com muita tristeza, mas também com extrema indignação, a decisão injusta do Supremo Tribunal Federal, que condenou a penas elevadíssimas, fora de parâmetro, os companheiros José Dirceu, Delúbio Soares, José Genoino", diz Falcão.
 

Presidente do PT se diz indignado com julgamento do mensalão

"Foi um julgamento com viés político, com pressão muito forte dos grandes meios de comunicação, e mudando totalmente parâmetros consagrados da jurisprudência do direito brasileiro", continua o dirigente.
 
Falcão diz ainda que a posição do partido é a de continuar negando a existência do mensalão. "O Partido dos Trabalhadores continua afirmando que não houve compra de votos, que nenhum dos companheiros enriqueceu pessoalmente, que não foram utilizados recursos públicos, como, aliás, comprova reportagem da revista 'Retratos do Brasil' mostrando que nada da Visanet resultou em recursos públicos e tampouco prestação de serviços inexistentes."
 
"Por isso tudo, nossos companheiros ainda vão exercer todos os recursos possíveis. Tem informações de que passada a fase dos agravos, dos recursos cabíveis, ainda há possibilidade, como disse o jurista Baltazar Garçon, de recorrer a foros internacionais. Eu quero aqui expressar novamente a minha solidariedade aos companheiros injustamente condenados", encerra Falcão.

PENAS DOS CONDENADOS PELO MENSALÃO

QuemCrimesPenas
 NÚCLEO PUBLICITÁRIO 

Marcos Valério
Formação de quadrilha, corrupção ativa, peculato, lavagem de dinheiro e evasão de divisas40 anos, 1 mês e 6 dias de prisão + multa de R$ 2,8 milhões. LEIA MAIS

Ramon Hollerbach
Evasão de divisas, corrupção ativa, peculato, lavagem de dinheiro e formação de quadriha29 anos, 7 meses e 20 dias de prisão + multa de R$ 2,8 milhões. LEIA MAIS

Cristiano Paz
Formação de quadrilha, corrupção ativa, peculato e lavagem de dinheiro25 anos, 11 meses e 20 dias de prisão + multa de R$ 2,5 milhões. LEIA MAIS

Simone Vasconcelos
Formação de quadrilha, lavagem de dinheiro, corrupção ativa e evasão de divisas12 anos, sete meses e 20 dias de prisão + multa de R$ 374 mil. LEIA MAIS
 NÚCLEO POLÍTICO 

José Dirceu
Corrupção ativa e formação de quadrilha10 anos e 10 meses de prisão + multa de R$ 676 mil. LEIA MAIS

José Genoino
Corrupção ativa e formação de quadrilha6 anos e 11 meses de prisão + multa de R$ 468 mil; LEIA MAIS

Delúbio Soares
Corrupção ativa e formação de quadrilha8 anos e 11 meses de prisão + multa de R$ 300 mil. LEIA MAIS
 NÚCLEO FINANCEIRO 

Kátia Rabello
Formação de quadrilha, lavagem de dinheiro, gestão fraudulenta de instituição financeira e evasão de divisas16 anos e 8 meses de prisão + multa de R$ 1,5 milhão. LEIA MAIS

Entenda o dia a dia do julgamento

Política