Edward Snowden cita grampo da presidente Dilma no Twitter

Do UOL, em São Paulo

Os grampos telefônicos que atingiram a presidente Dilma Rousseff e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva mereceram a atenção de Edward Snowden, ex-analista da NSA (Agência Nacional de Segurança, em português, uma das entidades responsáveis pela segurança dos Estados Unidos).

Snowden está refugiado na Rússia e tem ordem de prisão nos Estados Unidos por ter vazado anos atrás informações secretas sobre vários aspectos administrativos, diplomáticos e militares norte-americanos.

Em sua conta na rede social Twitter, ex-analista faz referência a manchetes sobre as gravações telefônicas divulgadas nesta quarta-feira (16) com conversas entre Dilma e Lula e faz o seguinte comentário: "Três anos depois de ser manchete por conta de escutas, @dilmabr continua fazendo ligações não criptografadas".

As gravações das falsa de Dilma e Lula constam do processo da Operação Lava Jato, que teve o sigilo retirado pelo juiz Sérgio Moro, que conduz as investigações. 

O norte-americano também faz referência a um escândalo internacional revelado em 2013, quando documentos vazados da NSA apontam que chefes de Estado e de governo de vários países foram alvos de escuta ilegal por parte da agência.

Em 2013

Dilma estava entre os estadistas que tiveram suas conversas interceptadas em documentos obtidos pelo jornalista norte-americano radicado no Brasil Glenn Greenwald, que teria recebido as informações direto de Snowden.

Os documentos mostram que foi feita espionagem de comunicações da presidente Dilma com seus principais assessores. Também foi espionada a comunicação de seus assessores entre eles e com terceiros.

Edward Snowden conseguiu asilo político na Rússia em meados de 2013. Nos Estados Unidos, ele é acusado de espionagem e roubo de documentos propriedade do Estado, estando sujeito a uma pena de até 30 anos de prisão.

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos