Processo de impeachment

Ausente de evento, Dilma fala em respeito às urnas em carta para militância

Felipe Amorim

Do UOL, em Brasília

  • Pedro Ladeira/Folhapress

    A presidente Dilma Rousseff

    A presidente Dilma Rousseff

A presidente Dilma Rousseff afirmou neste sábado (16) que na votação do processo de impeachment contra seu mandato, neste domingo (17) na Câmara dos Deputados, estará em jogo o "respeito às urnas e à vontade soberana do povo".

A mensagem de Dilma foi enviada por carta, lida pela secretária de Política para as Mulheres do governo federal, Eleonora Menicucci, a evento com movimentos sociais e sindicais que se posicionam contra o impeachment.

"Domingo, na votação do impeachment, não estará em jogo apenas o mandato de uma presidente eleita, a primeira mulher eleita e reeleita no nosso país, por mais de 54 milhões de votos. O que estará em jogo, queridos amigos e queridas amigas, é o respeito as urnas e à vontade soberana do nosso povo, fundamento do regime democrático nos países civilizados", diz Dilma na carta lida por Menicucci.

A presidente afirmou que não pode ir ao evento por estar envolvida na articulação política para conquistar os votos necessários dos deputados para barrar o processo de impeachment na Câmara dos Deputados
 

Dilma diz que oposição quer "revogar direitos como Bolsa Família"

  •  

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos