Alan Marques/Folhapress

Processo de impeachment

Prefeito de Pouso Alegre (MG) agride manifestantes pró impeachment

Carlos Eduardo Cherem

Colaboração para o UOL, em Belo Horizonte

O prefeito de Pouso Alegre (MG) Agnaldo Perugini (PT) se envolveu em uma confusão com populares que defendiam o impeachment da presidente Dilma Rousseff no município na madrugada deste sábado (16).

As imagens circularam pelas redes sociais. Perugini, vestindo uma camisa vermelha, partiu para cima de um homem de camisa branca, deu-lhe um tapa, derrubando-o. O homem caiu no chão e tentou ir atrás de Perugini, mas caiu novamente. Uma mulher também caiu no chão, mas pelas imagens não é possível ver se ela foi atingida.

Na sequência, gritando palavrões, o prefeito tentou partir para cima dos homens novamente, mas foi contido por algumas pessoas. A agressão aconteceu em uma avenida central da cidade. 

Reprodução
O prefeito de Pouso Alegre (MG) Agnaldo Perugini (PT) dá sua versão do incidente em vídeo nas redes sociais
Horas após o imbróglio, Perugini divulgou um vídeo nas redes sociais, dizendo que tudo foi muito triste. "Fazia uma manifestação pacífica e silenciosa pela democracia, fui atingido com palavras obscenas e de baixo calão por um grupo de jovens. Quando fui chamado a dar explicações, que me aproximei para conversar, eu fui agredido a socos e pontapés", disse. Ele ainda afirma no vídeo que "está muito machucado" física e espirituamente e que "perdoa seus adversários".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos