PUBLICIDADE
Topo

Política

Atos contrários ao impeachment de Dilma bloqueiam vias pelo país

Protesto contra Temer e o impechment em Fortaleza - Divulgação/MTST - Divulgação/MTST
Protesto contra Temer e o impechment em Fortaleza
Imagem: Divulgação/MTST

Do UOL, em São Paulo

30/08/2016 10h10

O dia decisivo do julgamento do impeachment da presidente afastada, Dilma Rousseff (PT), no Senado começou com protestos a favor da petista em pelo menos três capitais do país: São Paulo, Porto Alegre e Fortaleza. Ligados ao MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem Teto), os manifestantes bloquearam vias importantes das cidades e estradas. Eles também protestam contra o presidente interino, Michel Temer (PMDB), e contra cortes em programas sociais do governo federal.

Dilma foi ao Senado ontem para fazer sua defesa no processo de impeachment. Os senadores podem votar ainda nesta terça-feira (30) se aprovam ou não o afastamento definitivo da petista.

Em São Paulo, integrantes do MTST carregando faixas de "Fora Temer" bloquearam às 6h pontos das marginais Tietê e Pinheiros e das avenida Radial Leste e Francisco Morato, quatro das mais importantes vias da capital paulista; além da rodovia Régis Bittencourt.

Manifestantes bloqueiam a Radial Leste, no sentido Centro, em São Paulo - Peter Leone/Futura Press/Estadão Conteúdo - Peter Leone/Futura Press/Estadão Conteúdo
Manifestantes queimam pneus e bloqueiam a Radial Leste, no sentido Centro, em SP
Imagem: Peter Leone/Futura Press/Estadão Conteúdo

Os manifestantes também criticam a atuação policial contra o ato realizado na noite desta segunda-feira (29) na avenida Paulista, região central da cidade. Ontem, a tropa de choque da Polícia Militar lançou bombas de gás lacrimogêneo e efeito moral para reprimir um protesto contra o impeachment na via.

Porto Alegre

Ato contra o impeachment em estrada que dá acesso a Porto Alegre - Divulgação/MTST - Divulgação/MTST
Ato contra o impeachment em estrada que dá acesso a Porto Alegre
Imagem: Divulgação/MTST

Em Porto Alegre (RS), integrantes do MTST queimaram pneus e fizeram barricadas para bloquear uma estrada.

Fortaleza

Na capital do Ceará, um grupo de pessoas contrárias ao impeachment carrega uma faixa que pede a saída de Temer e também bloqueia uma estrada. 

Política