Topo

"Com o Botafogo acontecem coisas que ninguém acredita", brinca Rodrigo Maia

Lucio Bernardo Jr./Câmara dos Deputados
Rodrigo Maia (DEM-RJ) discursa no plenário da Câmara dos Deputados antes de ser reeleito Imagem: Lucio Bernardo Jr./Câmara dos Deputados

Nathan Lopes

Do UOL, em Brasília

2017-02-02T16:09:06

2017-02-02T17:50:14

02/02/2017 16h09Atualizada em 02/02/2017 17h50

O atual presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), foi eleito nesta quinta-feira (2) para um mandato completo, de dois anos. Ele levou a disputa em primeiro turno, com 293 votos. O segundo colocado, Jovair Arantes (PTB-GO), teve 105 votos.

Mesmo com a larga margem, ele brincou com o resultado. “Com o o Botafogo acontecem coisas que ninguém acredita. Até o último minuto tem que esperar", brincou o deputado, torcedor do time do Rio de Janeiro.

No acordo de delação do ex-executivo da Odebrecht Cláudio Melo Filho, Rodrigo Maia é apelidado justamente de "Botafogo". Ele é acusado de ter recebido R$ 100 mil para quitar despesas de campanha. Em troca, ajudaria a aprovar uma medida provisória de interesse da empreiteira. O deputado nega qualquer irregularidade.

Sobre os 293 votos, ele disse que "tinha expectativa na casa dos 300 votos”. "Foi perto disso”. A quantidade menor tem relação com o voto secreto, que sempre traz uma perda, na sua avaliação. Contudo, ele diz que, “quem ganha, sempre está satisfeito”.

Após o “mandato-tampão” de seis meses, Maia disse o que pretende para os próximos dois anos, quando deixará a presidência da Casa. “Precisamos terminar 2018 com a certeza que a Câmara dos Deputados é uma Câmara que comanda a reforma do Estado brasileiro. Esse é meu objetivo e tenho certeza que é o objetivo da maioria da Casa”.

 

Quem é Rodrigo Maia, presidente reeleito da Câmara?

UOL Notícias

Mais Política