Dilma: Marisa e Lula foram vítimas de "perseguições" e "grandes injustiças"

Do UOL, em São Paulo

Por meio de texto em sua página oficial no Facebook, a ex-presidente Dilma Rousseff (PT) lamentou a morte cerebral da ex-primeira dama Marisa Letícia, ocorrida na manhã desta quinta-feira (2) no hospital Sírio Libanês, em São Paulo. Para a petista, Marisa Letícia era uma "Uma mulher de fibra, batalhadora, que conquistou espaço e teve importante papel político".

"Hoje é um dia triste para todos nós, que conhecemos e admiramos Dona Marisa Letícia. Sabemos do amor e da força que sempre emprestou ao presidente Lula. Uma mulher de fibra, batalhadora, que conquistou espaço e teve importante papel político. Dona Marisa foi o esteio de sua família, a base para que Lula pudesse se dedicar de corpo e alma à luta pela construção de um outro Brasil, mais justo, mais solidário e menos desigual, desde as primeiras reuniões sindicais na Vila Euclides, passando pela fundação do PT e da CUT, até a chegada à Presidência da República", escreveu.

Para a ex-presidente, nos últimos meses, Marisa e Lula "foram vítimas de perseguições e experimentaram na pele grandes injustiças".

"Imagino que a dor de Lula agora é insuportável. Mas tenho certeza de que ele saberá superar este momento difícil, recebendo de todos nós, seus companheiros e admiradores, e do povo brasileiro, muitas preces e orações, repletas de carinho e solidariedade", concluiu Dilma.

Petistas prestam homenagens

O vereador por São Paulo e ex-senador Eduardo Suplicy (PT) chegou ao hospital Sírio Libanês pouco depois da 13h para prestar solidariedade à família. "Marisa era uma companheira muito dedicada, ótima mãe e avó. Ela era uma companheira que sempre pode dar força ao Lula, nas horas alegres e difíceis", comentou.

Deputado federal pelo PT de São Paulo, Paulo Teixeira afirmou que toda a bancada do partido na Câmara se organizou para ir a São Paulo. "Estamos profundamente entristecidos". "Ela faz parte da história do Brasil. Ela acompanhou o presidente Lula desde as graves no ABC [região da Grande São Paulo]. Deu grandes exemplos, bons exemplos", disse. "Ela vai descansar".

Outros políticos se manifestaram também por meio de notas à imprensa e em redes sociais. "Muito mais do que a passeata das mulheres de sindicalistas na luta pela liberdade de dirigentes de nosso Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, ou da confecção da primeira bandeira do nosso Partido, dona Marisa sempre foi o alicerce do companheiro Lula e de toda a família, permitindo que ele estivesse sempre disponível para nos liderar e fazer avançar a luta dos trabalhadores em nosso país", disse, por nota, o ex-prefeito de São Bernardo do Campo, Luiz Marinho (PT).

"Viva para sempre no nosso amor, dona Marisa Letícia. Nossos sentimentos ao Lula e família. #ForçaLula #ObrigadoCompanheira #MarisaPresente", escreveu a deputada federal e ex-ministra do governo Dilma Rousseff Maria do Rosário (PT-RS).

Para a senadora petista Gleisi Hoffmann, do Paraná, "hoje é um dia de muita tristeza para todos os brasileiros." "Perdemos nossa querida e eterna primeira dama. Dona Marisa nos deixou num momento muito difícil para o país, mas enquanto esteve ao lado do presidente Lula foi exemplo de força e coragem. Mesmo diante das adversidades e da perseguição implacável que sofreram, ela se manteve firme, serena e nunca desistiu de lutar, junto com Lula, por um país mais justo e fraterno. Perdemos uma grande estrela hoje, mas sua coragem sempre será lembrada por todos nós. Meu carinho e solidariedade ao presidente Lula. #ForçaLula #ForçaLulaeFamília", escreveu, em nota, em sua página no Facebook.

Em sua página oficial no Facebook, a deputada federal Jandira Feghali (PCdoB-RJ), candidata à Prefeitura do Rio ano passado, escreveu: "Diante das tempestades, injustiças e dos ataques da mídia, dona Marisa lutou com altivez. Uma mulher corajosa, presente e autêntica. Nunca esmoreceu, assim como nosso povo. Era o ombro afetuoso e a sabedoria das horas difíceis para seu companheiro de sonhos e realizações. Agora se vai, de repente. Que sua família receba nosso abraço afetuoso e sincero, do tamanho de nosso país e da grandeza de nossa gente."

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos