Marisa era "autêntica" e cumpriu papel "com dignidade", diz Haddad

Janaina Garcia

Do UOL, em São Bernardo do Campo (SP)

  • Suamy Beydoun/AGIF/Estadão Conteúdo

     O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva é consolado por amigos e parentes durante o velório de sua mulher, Marisa Letícia, no Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo do Campo, no ABC Paulista

    O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva é consolado por amigos e parentes durante o velório de sua mulher, Marisa Letícia, no Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo do Campo, no ABC Paulista

Uma mulher brasileira "genuína e autêntica" e que "cumpriu com dignidade o seu papel": assim o ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), definiu neste sábado (4) a ex-primeira-dama Marisa Letícia, que morreu ontem em função de um AVC (acidente vascular cerebral) do tipo hemorrágico.

Haddad chegou ao velório de Marisa pouco antes das 13h, sozinho, e falou rapidamente com a imprensa enquanto era assediado para selfies com a militância.

"Ela é nossa primeira-dama também. É uma mulher que acompanhou uma trajetória tão expressiva como a de um líder popular como Lula e que deu muita dignidade às funções que exerceu --e nunca perdeu a visão de que ela era esposa, mãe, mulher, enfim, uma pessoa que completa e que consegue conciliar os muitos papéis da mulher em geral", definiu o petista, um dos principais afilhados políticos de Lula.

"É uma mulher brasileira genuína, autêntica", concluiu Haddad.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos