Em 1ª manifestação após ser nomeado para STF, Moraes promete "independência"

Do UOL, no Rio

  • Dida Sampaio/Estadão Conteúdo

    Alexandre de Moraes foi nomeado ministro do Supremo Tribunal Federal nesta quarta (24)

    Alexandre de Moraes foi nomeado ministro do Supremo Tribunal Federal nesta quarta (24)

Nomeado ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) na última quarta-feira (22), Alexandre de Moraes usou seu perfil no Facebook para agradecer o "constante apoio e a importante confiança de todos" durante o procedimento de aprovação de sua indicação, no Senado. Ele também prometeu "independência" e "devoção às liberdades individuais" como um dos 11 integrantes da mais alta corte do país.

Em post publicado nesta sexta-feira (24), em sua primeira manifestação pública após a confirmação, o ex-ministro da Justiça e ex-secretário de Segurança Pública de São Paulo também lembrou da sabatina realizada na terça (21), em que foi aprovado por 19 votos a 7 na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) do Senado.

"Aproveito a oportunidade para, assim como fiz durante minha sabatina no Senado da República, reafirmar meu juramento de persistir em meus ideais de vida, honrando o compromisso de constante luta pelos ideais republicanos e democráticos, que devem dirigir a Nação brasileira, reafirmando mais uma vez, que minha atuação será com imparcialidade, coragem, dedicação, seriedade e sincero amor à causa pública", escreveu Moraes.

Reafirmo minha independência, meu compromisso com a Constituição e minha devoção às liberdades individuais

No comando do Ministério da Justiça desde maio do ano passado, quando o presidente Michel Temer (PMDB) assumiu o posto da ex-presidente Dilma Rousseff (PT), Moraes foi escolhido para ocupar a vaga de Teori Zavascki no STF. Teori morreu em um acidente de avião em janeiro.

A sessão de quarta teve a participação de 68 dos 81 senadores, sendo que 55 deles votaram a favor da indicação de Moraes e os outros 13 foram contra. A votação foi secreta.

Por votos 55 a 13, Senado aprova indicação de Moraes para STF

Em nota, Temer afirmou que o novo ministro do STF atuará com "independência" e "imparcialidade" na Suprema Corte. O peemedebista ressaltou que recebeu com "satisfação" a aprovação do nome de Moraes.

A cerimônia de posse de Alexandre de Moraes no STF será realizada no dia 22 de março.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos