PUBLICIDADE
Topo

Política

Em 1ª manifestação após ser nomeado para STF, Moraes promete "independência"

Alexandre de Moraes foi nomeado ministro do Supremo Tribunal Federal nesta quarta (24) - Dida Sampaio/Estadão Conteúdo
Alexandre de Moraes foi nomeado ministro do Supremo Tribunal Federal nesta quarta (24) Imagem: Dida Sampaio/Estadão Conteúdo

Do UOL, no Rio

24/02/2017 17h39

Nomeado ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) na última quarta-feira (22), Alexandre de Moraes usou seu perfil no Facebook para agradecer o "constante apoio e a importante confiança de todos" durante o procedimento de aprovação de sua indicação, no Senado. Ele também prometeu "independência" e "devoção às liberdades individuais" como um dos 11 integrantes da mais alta corte do país.

Em post publicado nesta sexta-feira (24), em sua primeira manifestação pública após a confirmação, o ex-ministro da Justiça e ex-secretário de Segurança Pública de São Paulo também lembrou da sabatina realizada na terça (21), em que foi aprovado por 19 votos a 7 na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) do Senado.

"Aproveito a oportunidade para, assim como fiz durante minha sabatina no Senado da República, reafirmar meu juramento de persistir em meus ideais de vida, honrando o compromisso de constante luta pelos ideais republicanos e democráticos, que devem dirigir a Nação brasileira, reafirmando mais uma vez, que minha atuação será com imparcialidade, coragem, dedicação, seriedade e sincero amor à causa pública", escreveu Moraes.

Reafirmo minha independência, meu compromisso com a Constituição e minha devoção às liberdades individuais

No comando do Ministério da Justiça desde maio do ano passado, quando o presidente Michel Temer (PMDB) assumiu o posto da ex-presidente Dilma Rousseff (PT), Moraes foi escolhido para ocupar a vaga de Teori Zavascki no STF. Teori morreu em um acidente de avião em janeiro.

A sessão de quarta teve a participação de 68 dos 81 senadores, sendo que 55 deles votaram a favor da indicação de Moraes e os outros 13 foram contra. A votação foi secreta.

Por votos 55 a 13, Senado aprova indicação de Moraes para STF

UOL Notícias

Em nota, Temer afirmou que o novo ministro do STF atuará com "independência" e "imparcialidade" na Suprema Corte. O peemedebista ressaltou que recebeu com "satisfação" a aprovação do nome de Moraes.

A cerimônia de posse de Alexandre de Moraes no STF será realizada no dia 22 de março.

Política