Veja como cada senador votou sobre projeto de abuso de autoridade

Gustavo Maia

Do UOL, em Brasília

  • Waldemir Barreto/Agência Senado

Por 54 votos a 19, o plenário do Senado aprovou nesta quarta-feira (26) o projeto que modifica a lei dos crimes de abuso de autoridade, que prevê punições a todos os agentes públicos, o que inclui desde servidores de prefeituras, concursados ou terceirizados a integrantes do Ministério Público, juízes, deputados e senadores. O projeto agora segue para tramitação na Câmara dos Deputados.

A aprovação ocorreu após o relator Roberto Requião (PMDB-PR) recuar e retirar do texto pontos que poderiam implicar na intimidação de juízes e investigadores, segundo críticas de setores do Judiciário. 

No momento da votação, havia 74 (dos 81) senadores no plenário. Dentre os presentes, apenas o presidente da Casa, Eunício Oliveira (PMDB-CE), que colocou na pauta o requerimento para regime de urgência para a votação do projeto, não votou. Mais cedo, a CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) do Senado havia aprovado o texto por unanimidade.

Com 18 votos, o PMDB foi o partido que mais teve senadores favoráveis ao projeto. PT e PSDB vieram em seguida, com oito votos cada, sucedidos por PSB, com cinco, PP, com quatro, e DEM, com três.

Entre quem votou contra o projeto, havia parlamentares de 13 partidos --além de um sem sigla. O PSDB, com três votos, foi o que mais teve representantes que votaram "não", seguido de PP, PSB e PMDB, com dois votos cada.

Minutos após a aprovação do projeto no plenário, 75 senadores aprovaram, por unanimidade, em primeiro turno de votação, a PEC (Proposta de Emenda à Constituição) que acaba com o foro especial por prerrogativa de função, o chamado "foro privilegiado".

Veja abaixo quem votou a favor e contra o projeto:

SIM (54)

Acir Gurgacz (PDT-RO)
Aécio Neves (PSDB-MG)
Airton Sandoval (PMDB-SP)
Antonio Anastasia (PSDB-MG)
Antonio Valadares (PSB-SE)
Armando Monteiro (PTB-PE)
Benedito de Lira (PP-AL)
Cássio Cunha Lima (PSDB-PB)
Cidinho Santos (PR-MT)
Ciro Nogueira (PP-PI)
Dalirio Beber (PSDB-SC)
Dário Berger (PMDB-SC)
Edison Lobão (PMDB-MA)
Eduardo Braga (PMDB-AM)
Eduardo Lopes (PRB-RJ)
Elmano Férrer (PMDB-PI)
Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE)
Fernando Collor (PTC-AL)
Flexa Ribeiro (PSDB-PA)
Garibaldi Alves (PMDB-RN)
Gleisi Hoffmann (PT-PR)
Hélio José (PMDB-DF)
Humberto Costa (PT-PE)
Ivo Cassol (PP-RO)
Jader Barbalho (PMDB-PA)
João Alberto Souza (PMDB-MA)
Jorge Viana (PT-AC)
José Agripino (DEM-RN)
José Maranhão (PMDB-PB)
José Pimentel (PT-CE)
José Serra (PSDB-SP)
Lídice da Mata (PSB-BA)
Lindbergh Farias (PT-RJ)
Lúcia Vânia (PSB-GO)
Maria do Carmo Alves (DEM-SE)
Marta Suplicy (PMDB-SP)
Omar Aziz (PSD-AM)
Otto Alencar (PSD-BA)
Paulo Bauer (PSDB-SC)
Paulo Rocha (PT-PA)
Raimundo Lira (PMDB-PB)
Regina Sousa (PT-PI)
Renan Calheiros (PMDB-AL)
Roberto Muniz (PP-BA)
Roberto Requião (PMDB-PR)
Roberto Rocha (PSB-MA)
Romero Jucá (PMDB-RR)
Ronaldo Caiado (DEM-GO)
Rose de Freitas (PMDB-ES)
Tasso Jereissati (PSDB-CE)
Valdir Raupp (PMDB-RO)
Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM)
Vicentinho Alves (PR-TO)
Zeze Perrella (PMDB-MG)

NÃO (19)

Alvaro Dias (PV-PR)
Ana Amélia (PP-RS)
Ângela Portela (PDT-RR)
Ataídes Oliveira (PSDB-TO)
Cristovam Buarque (PPS-DF)
Eduardo Amorim (PSDB-SE)
Gladson Cameli (PP-AC)
João Capiberibe (PSB-AP)
Lasier Martins (PSD-RS)
Magno Malta (PR-ES)
Paulo Paim (PT-RS)
Pedro Chaves (PSC-MS)
Randolfe Rodrigues (Rede-AP)
Reguffe (sem partido-DF)
Ricardo Ferraço (PSDB-ES)
Romário (PSB-RJ)
Simone Tebet (PMDB-MS)
Telmário Mota (PTB-RR)
Waldemir Moka (PMDB-MS)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos